quarta-feira, 26 de junho de 2013

The Flash


José Manuel 
E não é que o velho ditado estava certo!
Quer dizer que quem tem, tem medo e até plantão estão fazendo para aprovar em caráter extraordinário emendas, leis, tudo o que for para beneficiar o povo.
Nestes últimos três dias, foram  aprovados os royalties do petróleo para a educação e saúde, foi arquivada a PEC-37, foi cancelado  o aumento das tarifas de transporte, vão encontrar soluções para a melhoria do transporte.
Até CPIs para descobrir se houve falcatruas na construção de estádios, vão fazer. Ufa…
Diga-se de passagem que tais atitudes  levavam anos para ser definidas e ao sabor dos bolsos daqueles que são pagos por nós, para o fazer e rápido.
Agora é coisa de Super-Heróis e após estas manifestações estrondosas, o que não vai faltar é esta nova raça de políticos com a rapidez do medo dizendo que vão fazer isto ou aquilo.
Maravilha, apenas com uns gritos e umas faixas conseguimos chegar à fase do  "Comic-com".

Imagina se começarmos a votar com cidadania e a expor claramente em fóruns de responsabilidade o que cabe a quem. E colocá-los em seu devido lugar.
Afinal são pagos para trabalhar para nós e ninguém pediu para que se candidatassem a cargos públicos.
Acho que a fase da mídia, na qual  eles adoravam aparecer todos os dias com as suas gravatas reluzentemente francesas, seus cabelos acajuzados, e seus rolex acintosamente pendurados em seus pulsos está terminando. Agora vão trabalhar e não mais enrolar porque a sociedade está de olho.
Claro que temos que  saber separar o joio do trigo e não nos esquecermos que existem políticos "do bem" que realmente  trabalham pela sociedade.
Nós sabemos quem são, e daqui para a frente o nosso voto vai fazer toda a diferença e não adianta vestir uma fantasia de Super-Herói, porque a farsa acabou.

O que falta neste País, para que nunca mais aconteça o que está aí nas ruas e enterrar definitivamente o passado, é o voto sem obrigatoriedade. As nações modernas em termos de democracia, há muito já o praticam e o que nós podemos ver é o real exercício da cidadania por essas sociedades.
Em nosso estágio atual, sempre existirão os votos de cabresto, a miséria sendo explorada pela troca de camisetas ou tijolos, ou cargos públicos. As bolsas “tudo” estão aí para comprovar a triste realidade do voto obrigatório.
Os The Flash da hora, até recesso estão cancelando, para poder mostrar serviço.
Nós, do AERUS, temos que mostrar aos recessistas judiciários que nos prejudicam sem dó nem piedade que estamos atentos e vamos começar a gritar.
Vamos gritar e muito para que o Dr. Joaquim Barbosa, resolva de uma vez por todas, de preferência antes do seu  recesso.


Não precisamos de juízes para politicar.
Queremos Juízes que JULGUEM, com clareza, com lealdade a seu juramento, com técnica, com honestidade e de preferência com rapidez.
Se o problema da demora é  culpa da ineficiência da máquina, não é nossa culpa.
Façam menos palácios, menos tribunais, esqueçam "Nabucodonosor"  e contratem mais gente por que dinheiro não falta. Se tem palácios é por que tem dinheiro para contratar.
Neste dia 1º de julho, em todo o Brasi , em cada cidade onde houver um  aposentado, um funcionário que nada recebeu, a VARIG e a TRANSBRASIL estarão novamente no ar para mostrar o seu descontentamento com a justiça e também dizer à sociedade que foram trocadas por esse estrume que aí está.
Em tempo, o STF acaba de mandar prender um deputado condenado por corrupção! Dia 26 de junho de 2013, às 11h19.

O deputado Natan Donadon (PMDB). Foto: Rodolfo Stuckert/Agência Câmara
Título e Texto: José  Manuel, ex-tripulante Varig, 67 anos, 50 de trabalho

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-