segunda-feira, 27 de abril de 2015

Muda vida


MEDO de viver, medo de morrer, medo de ser...
Metade do miolo, fura bolo pai de todos,
Mindinho, seu vizinho, mata piolho...
Fico de olho no que vem por aí.
Vestido de príncipe, ela de anjo ou de santa,
Amortalhada veste, envolta estás, ó mulher!
Que anjo, que nada, alma penada!
Cambapé, pernada firme, inerme estás...
Onde os teus valores, até os teus pendores,
Em que peça te restarás?
Infantil esquema, estratagema para fugir,
abandonar o barco, se valer a pena,
ou a cantilena vai prosseguir?
Depois de tudo, mundo mudo, tudo muda,
Renascimento, outro evento, sem medo...
sem medo de viver E CONVIVER! 

Título, Imagem e Texto: Carlos Lira, 27-4-2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-