sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Criação do PNC, Partido Nacional Corinthiano, foi rejeitada no TSE

Para quem achava possível, a decisão dos juízes foi unânime contra o PNC.
Marlos Ápyus


O motivo alegado para a negativa foi a ausência da documentação exigida por lei. Dias Toffoli, presidente do TSE, resumiu o voto: “Ele não apresentou nada que pudesse ser analisado.” Gilmar Mendes ironizou dizendo que sentia medo da representatividade que um partido com essa proposta passaria a ter. As lideranças por trás da iniciativa abrem mão de qualquer ideologia mais usual no meio político, dizendo defender que querem os mesmos objetivos sociais da “democracia corinthiana”. Então tá. 
Título, Imagem e Texto: Marlos Ápyus, Implicante, 24-9-2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-