sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Charada (131)

Dois garotos vendem maçãs. Cada um deles vende 30 maçãs por dia. O garoto I vende suas maçãs cobrando "50 centavos por duas maçãs" (e, com isso, ganha R$ 7,50 por dia). O garoto II vende suas maçãs cobrando "50 centavos por três maçãs" (e, com isso, ganha R$ 5,00 por dia). Consequentemente, o total recebido pelos dois garotos, por dia, é R$ 12,50. 

Certo dia, o garoto I fica doente, e o garoto II junta suas maçãs com as dele e sai para vendê-las. Para compensar os dois diferentes modos de venda de cada um, ele resolve vender as 60 maçãs cobrando "1 real por 5 maçãs". Porém, vendendo dessa forma ele lucrará somente R$ 12,00 ao fim do dia. O que aconteceu com os outros R$ 0,50?

2 comentários:

  1. Embora pareça contra-intuitivo, a razão é o preço médio de cada maçã ser maior no primeiro caso (20,83333 centavos contra 20 centavos).

    O preço médio das maçãs do primeiro rapaz é 50/2=25 centavos.
    O preço médio das maçãs do segundo rapaz é 50/3=16,66666 centavos.
    O preço médio entre ambos é (25+16,6666666)/2=20,833333 centavos.

    O preço médio da venda no segundo caso é 1real/5=20 centavos.

    ResponderExcluir
  2. "Após dez vendas de cinco maçãs, todas as maçãs de '3 por 50 centavos' estarão vendidas; o restante ainda é vendido a '1 real por 5 maçãs', quando deveriam ser vendidas no esquema de '2 por 50 centavos'."

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-