quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Suécia à beira do colapso

§  Se a onda migratória continuar, em 10 ou 15 anos os suecos serão minoria em seu próprio país. Que há de fato uma troca de populações em andamento deveria estar claro em qualquer avaliação séria.

§  "A consequência final da... política de imigração da Suécia é que a economia entrará em colapso porque, afinal de contas, quem irá pagar por tudo isso? E colapsos econômicos, quando ocorrem, sempre ocorrem com extrema rapidez". — Lars Hedegaard.

§  Nas últimas duas semanas mais de 1.000 "crianças refugiadas desacompanhadas" chegaram da Alemanha pelas balsas, mais da metade delas desapareceu e se encontra na lista de desaparecidos.

§  Nas últimas semanas, a estação central de trens da terceira maior cidade da Suécia, Malmö, foi invadida por imigrantes, e os voluntários que apareceram nos primeiros dias com comida, água e roupas, ao que tudo indica, perderam o interesse.

§  Não levará muito tempo até que os suecos percebam que o estado não irá mais cuidar deles. Há apenas 20 anos o país, que era considerado um dos mais seguros e prósperos do mundo, agora corre o perigo de se transformar em um estado falido.

3 comentários:

  1. Eu acho 'ótimo' que os suecos se f... em consequência de andarem pelo mundo bancando os bonzinhos e aceitando toda e qualquer eme que se dizia "perseguido político"...

    Alguns, o foram, de fato, como, por exemplo, Fernando Gabeira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FERNANDO GABEIRA MERECEU O ASILO.
      FATOS...
      O deputado federal Fernando Gabeira, que participou de movimentos armados contra a ditadura, do sequestro do embaixador norte-americano Charles Elbrick e acabou exilado por dez anos, nunca pediu a indenização a que teria direito: “Não solicitei porque minha atividade naquele período foi consciente. O risco estava bastante nítido para mim. Além disso, embora tenha deixado meu trabalho de jornalista, o exílio me enriqueceu muito, de forma que, ao retornar, tinha possibilidades mais diversas”,

      A LEI DA ANISTIA OU A BOLSA DITADURA BENEFICIOU CERCA DE 12000 E AINDA TEM MAIS UNS 7000 REQUERENDO.
      CUSTA CECA DE 2,5 BILHÕES POR MÊS EM APOSENTADORIAS SEM RECOLHIMENTO DE IMPOSTO DE RENDA.
      No grupo dos beneficiados estão Ziraldo Alves Pinto, escritor e chargista, e o cartunista Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe – o Jaguar – que ganharam o direito a pensões mensais de R$ 4.365,88 e ainda exatos R$ 1.000.253,24 de indenização para cada um. A ex-guerrilheira Estela – hoje ministra da Casa Civil, Dilma Vana Roussef Linhares – recebeu indenizações por três diferentes estados – São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro – que somaram R$ 72 mil. O jornalista Carlos Heitor Cony e a viúva do seringueiro Chico Mendes, Ilzamar Gadelha Mendes, também conquistaram suas cotas. Cony ganhou indenização retroativa de R$ 1.417.072,75 e reparação mensal de R$ 19.115,19. Nada mal! Ilzamar foi indenizada em R$ 337.800,00 e recebe – desde o ano passado – pensão mensal de R$ 3 mil. Preso por 31 dias em 79, Luiz Inácio Lula da Silva percebe cerca de R$ 5 mil por mês. Impressiona a velocidade e generosidade com que os pagamentos do Bolsa Ditadura são decididos – ao contrário do que ocorre em aposentadorias comuns, pagamentos de precatórios e questões trabalhistas diversas.
      FUI MORRENDO DE VERGONHA...

      Excluir
  2. A Suécia e outros países da Europa ( quem sabe, também o Brasil ) correm um sério risco com a migração repentina de milhares de refugiados. É o verdadeiro Cavalo de Tróia que foi colocado às portas da Europa. Quantos terroristas foram infiltrados entre os refugiados?Alberto José

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-