segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

A festa de Natal... Festa cristã?

Valdemar Habitzreuter

Estamo-nos aproximando do Natal. Para os cristãos é um dia especial: o nascimento de Jesus. Presumo que o verdadeiro cristão é aquele que se imbui da moral de Cristo. Sem dúvida, pois festeja o nascimento de Jesus como a luz-guia que se revelou e se projetou sobre a humanidade para que adote o caminho do amor - sua mensagem maior...

Não se sabe em que dia nasceu Jesus, e isso não é importante. É importante que todos os dias do ano Cristo seja lembrado pelo cristão como o símbolo do amor a iluminar e inspirar a humanidade para o bem.

O dia de natal é apenas para reavivar esta lembrança. É assim que você, cristão, festeja seu natal? Ou é mais adepto de uma festança pagã da qual o dia de natal tem sua inspiração?

Vejamos: Por que a data de 25 de dezembro foi estabelecida como a data do nascimento de Jesus? Pelo simples fato de se realizarem festas - muito antes da era cristã - para celebrar o solstício de inverno no hemisfério norte que acontece em dezembro, por volta do dia 22. Neste dia acontece como limite o dia mais curto e a noite mais longa do ano, e a partir daí os dias vão gradativamente aumentando, significando que o sol será o vencedor sobre as trevas da noite. Eram festas pagãs em que o povo, propício a crenças mitológicas, celebrava o deus Sol (daí solstício) como a luz que a tudo vivifica, tornando a vida mais prazerosa. Pagão era aquele que orientava sua vida segundo os fenômenos da Natureza. Na natureza manifestavam-se os vários deuses. O deus Sol era um deles, a luz que vence a escuridão.

Os adeptos do cristianismo primitivo não abandonaram os costumes pagãos e adotaram as festividades do solstício para celebrar também uma Luz: o nascimento de Cristo - a luz que ilumina a escuridão espiritual da humanidade.

As festividades natalinas nos primórdios do cristianismo realçavam a espiritualidade que irradiava de Cristo e que todo o ser humano de fé tem de preservar e festejar como um bem maior. Assim, foi na Igreja cristã primitiva, (sec. II?), que o dia 25 de dezembro foi convencionado como o nascimento de Jesus para cantar hosanas por tão grande evento.

Para os pagãos, as festividades do solstício não tinham propriamente um caráter religioso, muito menos espiritual, eram festas comemorativas com trocas de presentes, com requintes de bebedeira e comilança pelas dádivas que o deus Sol lhes outorgava. Alguma semelhança com os nossos natais atuais?



De qualquer forma, FELIZ NATAL a todos! Que o amor esteja sempre presente! 
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 14-12-2015

4 comentários:

  1. Caro Valdemar Habitzreuter!
    O Amor é a coisa mais linda que uma pessoa pode ter e sentir!!
    Eu não diria uma Luz-Guia, eu diria Uma Estrela-Guia, as Estrelas nos guiam, e a Luz nos ilumina!
    O Amor, de todas as formas! É a Razão de tudo!

    Sem fazer apologia a Bob Marley, mas ele tem uma frase que nunca esqueci: "Os Homens pensam que possuem uma mente, mas é a mente que os possui. Há pessoas que amam o Poder e há outras que tem o poder de Amar".
    Isto já era assim desde Jesus Cristo!
    Feliz Natal! A todos os Membros do Aerus!
    Habitz, um Abraço Fraterno!
    Volkart

    ResponderExcluir
  2. Alguns me criticam quando eu falo de dualismo universal.
    Quase tudo no mundo é uma dualidade.
    Eletro-magnetismo, eletricidade, magnetismo, tem forças negativas e positivas.
    As emoções : amor e ódio
    A felicidade é uma dualidade do universo.
    Ela não pode ser medida, depende da qualidade de ser feliz de cada um.
    Mesmo sem AERUS sou feliz, com AERUS mais feliz.
    Nesse dualismo a felicidade de uns é a infelicidade de outros.
    Se cada um fosse feliz com o que tem, seria mais feliz com o que obtém.
    Se você é feliz no amor, com certeza alguém ficou infeliz pela perda desse amor.
    O universo em sua perfeição fez apenas duas coisas que de modo algum podem ser negativas.
    A energia e a LUZ.
    Não existe energias negativas, e nem luz negativas.
    A energia é o propulsor das ações, das atitudes, e dos movimentos.
    A luz é a impulsora da beleza, do visual e do conhecimento.
    Deixando as religiões de lado, o solstício de Natal é a festa das luzes, e das energias.
    Por isso em quase todos os natais, eu desejo que as energias se renovem e a luz alimente seus anseios.
    Que a energia e a luz estejam sempre presentes em nossas atitudes.
    A alegria é uma fonte de energia, a tristeza não é energia negativa é a total ausência dela.
    O conhecimento é a luz da ética e a virtude do ser humano. a ausência da luz produz apenas seres humanos na escuridão.
    DEUS SOL, é a fonte da vida, sem ser deus.
    Grande produtor de todas as energias vitais ao planeta e ao ser humano.
    Essa luz que viaja pelo espaço sem barreiras, que necessita absurdamente da matéria para ser vista, sem força motriz nenhuma, é a maior fonte de energia do universo.
    Que todos tenham energias para enfrentar seus pesadelos maiores.
    Que todos iluminem-se no sol do conhecimento.
    Iluminem suas mentes.
    Nesse natal presenteie sua mente, seus hábitos, seus amigos e parentes com uma ceia de natal cheia de energia, e muitas luzes.
    O afago de um abraço, e os votos de felicidade, são os maiores votos do deus sol, que nos abraça todos os dias.
    fui...

    ResponderExcluir
  3. Caríssimo Rochinha! Não vou, não quero, discutir nada a respeito de Religiões, como Vc disse, deixando as Religiões à parte!
    Mas se Deus Criou o Universo, o que eu Creio, o Sol é o seu maior Astro, o de maior Energias, então lhe digo, o Sol não é Deus, e sim nosso Astro Rei!
    Os Votos de Feliz Natal, desejamos da mesma forma a todos! Muitas boas Energias em nossas Mesas de Natal!
    Saúde e Paz!!!!
    Abraços,
    Volkart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem provavelmente 100 bilhões de galáxias, cada uma com cerca de 100 bilhões de estrelas.
      Ou seja há cerca de 10.000.000.000.000.000.000.000 de astros chamados de sois, ou igual número de astros príncipes, o nosso é tão pequeno que deve ser um dos últimos na sucessão ao cargo de rei.
      Como eu escrevi Deus sol é a fonte de vida sem ser deus.

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-