domingo, 3 de janeiro de 2016

Amor incondicional

Nelson Teixeira
O amor verdadeiro não impõe condições. O amor verdadeiro releva, perdoa, tem paciência, tolerância e compaixão pelo outro.

Há quem diga que ama, porém faz exigências e cobranças a todo instante. Será que isso é amor ou possessão?

Deus nos ama incondicionalmente. É óbvio que não podemos comparar o amor que sentimos ao amor que Deus tem por cada um de nós, mas podemos começar a praticar o amor verdadeiro, simplesmente amando sem nada exigir em troca.

É interessante que podemos notar esse amor que releva e perdoa na relação entre pais e filhos, especialmente com relação às mães. Falamos das mães porque normalmente ficam mais próximas dos filhos. Claro que há pais que amam seus filhos, muitas vezes até mais do que as mães. Esse já é um exercício do amor incondicional.

Ainda estamos distantes desse amor, mas com o conhecimento que temos não podemos alegar ignorância. O amor é semente divina que foi deixada por Deus, nosso Pai e Criador, dentro de cada um de nós. É a centelha Divina. Deixemos essa semente germinar, brotar, crescer e dar frutos de amor.

Como disse Pedro, o Apóstolo, “O Amor cobre a multidão de Pecados”.

Amemos! 
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 3-1-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-