sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Madame Centeno lê cartas e búzios

Rui A.

Acabei de ler a síntese do comunicado de ontem do Conselho de Ministros, relativo ao orçamento de 2016, que o António Costa disponibilizou na sua página do facebook, e a sensação com que fiquei foi a de que estava a ler uma página de previsões astrológicas do Professor Bambo ou do Professor Karamba. No caso, do Professor Centeno, que prevê números e mais números atrás de números, e muitas outras coisas que ele acha que vão acontecer. E prevê o comportamento dos agentes económicos. E o crescimento da economia. E as taxas de juros e o do petróleo. E o comportamento das exportações. E a diminuição do desemprego. O orçamento do estado para 2016, da autoria do Professor Centeno [foto], é menos um trabalho técnico e palpável, do que um conjunto de crenças e adivinhações. É um trabalho mais de um terreiro de umbanda, do que do Terreiro do Paço. Parece uma carta astral.

Assim não vamos lá
Se o Professor Centeno prevê a redução do défice com o aumento das exportações, aguardam-no más notícias. É que, a exportar imbecilidades deste quilate, ninguém nos comprará coisa nenhuma.«Estados estão sendo atacados pelo neoliberalismo»? Vai-te catar, Boaventura! 
Título e Texto: Rui A., Blasfémias, 22-1-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-