sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Palavras de Lula, o Puro


Não tem santo, nem beato de igreja
Não tem virgem tão pura, nem tão casta
Uma vestal na minha frente é uma nefasta,
Prostituta, fim de rua, que sobeja
A imundícia de quem sua boca beija
Pois eu sou o homem mais puro que nasceu
Neste vasto país sou o apogeu
Da pureza, do bem, da honestidade
E duvido quem em toda a Humanidade
HAJA ALMA MAIS HONESTA DO QUE EU!!

Título, Imagem e Texto: Fred Monteiro, MASCATE DAS LEMBRANÇAS, 21-1-2016 
Via Maria Lucia Victor Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-