domingo, 6 de março de 2016

A cobra vai fumar


Valdemar Habitzreuter
Todo e qualquer animal tem sua estratégia de defesa perante algum perigo iminente. É um instinto natural defender-se de perigos que o ameaçam. Essa defesa pode ser o enfrentamento direto ou a fuga daquilo que o ameaça. O medo faz parte do instinto de defesa. Sem o medo o instinto não estaria em alerta para o ataque ou fuga.

Na semana que passou assistimos ao episódio da operação coercitiva que levou Lula a depor na PF. Ele sabe que o perigo o ronda e está iminente. O medo se apoderou dele e o instinto de Lula acendeu-se para o confronto direto, quer guerra. Seu primeiro ato, logo que saiu das dependências da PF, foi o de convocar sua militância e partir para o confronto. A sua verborragia bravática incendiou os ânimos da turba enfurecida. Fique-se de alerta, coisa boa não há de acontecer se Lula instigar cada vez mais seus soldados zumbis irracionais.

No fundo, sabe que vai perder. Armou sua própria arapuca ao longo de sua vida política e agora chegou a hora da verdade: dar satisfação e explicações ao povo brasileiro de suas reais intenções com o partido que ele fundou. Possam essas intenções, até certo ponto, merecer aplausos na medida em que visavam a melhoria social dos mais necessitados, mas as reais intenções foi a ganancia do poder e para isso teve que assaltar e ter o dinheiro para tal projeto.

Agora a bomba estourou. Sabe-se que Lula não é o ‘the man’ – o cara – na expressão de Obama, mas a cobra jararaca que disseminou discórdia entre os brasileiros. A sociedade está dividida. Arma-se um clima de beligerância. E se os fatos evoluírem haverá desestabilização da ordem social e democrática a ponto de precisar acontecer a intervenção militar.

A melhor saída de Lula a esta altura é abandonar o confronto e pacificar os ânimos de seus idólatras e deixar a Justiça prevalecer, custe o custar. Talvez, esteja aí sua magnanimidade heroica: reconhecer suas imperfeições e erros. Enquanto isto não acontecer, as coisas tornar-se-ão cada vez mais difíceis e a ‘cobra vai fumar’, haverá convulsão social e sabe Deus o que mais...
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 6-3-2016

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-