quarta-feira, 6 de abril de 2016

Uma proposta para os senadores

Almir Papalardo

Prezados Senadores: 
                                                                                                       
Antonio Reguffe – Sem Partido (RJ),
Ana Amélia – PP (RS),
Cassio Cunha Lima – PSDB (PB),
José Medeiros – PSD (MT),
Magno Malta – PR (ES),
Walter Pinheiro - S/Partido (BA),
Paulo Bauer – PSDB (SC),
Alvaro Dias – PV (PR),
Cristovam Buarque – PPS (DF),
Ricardo Ferraço – PSDB (ES),
Antonio Anastasia – PSDB (MG) e
Zezé Perrela – PTB (MG)

Sou um cidadão brasileiro, maior, de 82 anos de idade, com minhas faculdades mentais em perfeitas condições, aposentado do INSS, com todos os meus extorsivos impostos devidamente quitados, colaborando ainda na seleção de candidatos através dos meus votos, condições estas que me dão todo o direito de opinar, educadamente, sobre a política praticada por nossos parlamentares, que têm como suprema obrigação prestar bons serviços ao povo brasileiro!

A única coisa que me diferencia dos demais cidadãos, que me deixa marginalizado (?!), desconectado de uma digna cidadania, é a minha triste condição de “aposentado do INSS”, como todos sabem a categoria mais desprezada, esquecida, odiada, ignorada e prejudicada pelos nossos Três Poderes! 

Selecionei vossas excelências analisando criteriosamente os seus pronunciamentos e apartes, como sempre contece, os mais coerentes, éticos, verdadeiros e convictos, suportando sem perderem a serenidade, aos rechaços ásperos e enraivecidos do executivo e de seus submissos aliados.

Gostaria de apresentar uma proposta a vossas excelências que é a mesma do total de dez milhões de aposentados, que os senhores se unam constituindo-se numa sólida equipe de defensores, priorizando os problemas dos segurados do RGPS, inserindo nos seus brilhantes discursos, diariamente, a necessidade de fazer-se justiça a esses escorraçados cidadãos. Somente assim, os indefesos aposentados poderão ter alguma chance de superar a inexpugnável barreira obstrutiva que colocaram à nossa frente, ganhando alguma representatividade política, porque, na realidade, só temos dois parlamentares que estão constantemente defendendo nossos direitos, o senador Paulo Paim – PT (RS) e o deputado Arnaldo Faria de Sá – PDT (SP). É muito pouco para um total de 594 congressistas que nos ignoram!

Debelada a atual crise falem com exaustão nos seus pronunciamentos, conectando-nos novamente à cidadania que todo cidadão brasileiro é merecedor, porque, estamos já há dezoito anos tendo o nosso poder de compra defasado graças a essa indecência de corrigir-se as aposentadorias do setor privado com dois percentuais diferentes. É intenção desses desgovernos, nivelarem todas as aposentadorias do RGPS em apenas UM salário mínimo. Quanta podridão e injustiça contra velhos aposentados!...

Precisamos ter conscienciosos e sensíveis apoiadores, pois vivemos, ou melhor, estamos sendo dizimados aos poucos, pela total falta de interesse dos congressistas, que se omitem, não demonstrando o mínimo interesse nos nossos direitos que estão sendo derrubados impiedosamente ano após ano! Ninguém quer falar de aposentados...

A categoria dos discriminados aposentados agradecem penhoradamente a receptividade dado a esta justa e procedente proposta, que ensejará a vossas excelências prestarem-nos justiça, devolvendo a nossa dignidade ultrajada e covardemente usurpada... 
Título e Texto: Almir Papalardo, 6-4-2016    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-