quarta-feira, 4 de maio de 2016

A RTP tem que cumprir a sua função

Vitor Cunha
Deveria José Rodrigues dos Santos, na RTP, ter mostrado um gráfico que explica o que já todos sabem, que o governo Sócrates foi uma desgraça para a dívida pública? Para os neo-urbanos-parolos, como aquele achado da psiquiatria que dá pelo nome de Tiago Barbosa Ribeiro ou para aquele jovem já no topo da carreira de carroceiro, João Galamba, não, não se deve dizer, que as pessoas ainda deixam de votar neles se perceberem a verdade. Como se as pessoas já não tivessem deixado de votar neles, tornando necessária a coligação com estalinistas e esganiçadas com capacidade para amplificarem a mensagem da estupidez humana do ligeiro virulento para níveis de elefantíase pandémica.

Porém, têm alguma razão. Se a RTP não for a máquina de extrema precisão e devidamente oleada de propaganda socialista, para que serve, então, a tal de RTP? 
Título e Texto: Vitor Cunha, Blasfémias, 4-5-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-