quarta-feira, 4 de maio de 2016

Se o Impeachment é da Dilma Rousseff por que mencionar Fernando Collor?

Almir Papalardo

Prezado Senador Fernando Color:

Ontem, ao assistir mais uma sessão especial do impeachment da presidente Dilma, onde os convidados juristas eram contra o afastamento da presidente, fiquei impressionado por ouvir o seu nome tantas vezes pronunciado pelos juristas convidados para a defesa da presidente, quanto pelos senadores da base do governo, que chegava a confundir, guardadas as devidas proporções, se o impeachment se referia ao da Dilma Rousseff, ou se era o seu próprio impeachment, ocorrido já há mais de vinte anos. Por que então fazer-se comparações entre os dois impeachment, separados por mais de duas décadas, por motivos diferentes, quando na tentativa de salvar uma presidente que está sendo julgada, prejudicam e denigram a sua imagem, violando o seu direito de esquecer aquele triste episódio doloroso! 

Acredito, que nem os juristas convidados nem os senadores, todos com poderes constitucionais, podem fazer comparações entre os dois impeachment, prejudicando a sua atuação como político em atividade no Senado Federal. Vossa excelência, nada mais deve à Justiça, cumpriu, injusta ou justamente, não entro neste mérito, toda a pena que lhe foi imputada. O senador Fernando Collor está quite com os rigores da justiça! Pode ficar de cabeça erguida, não o ficando, porque, insensatos e desvirtuadores, insistem em ressuscitar um capítulo no afã de salvar a sua guru, porque ainda estão unidos a ela por um cordão umbilical que não querem de forma alguma cortar!

Consulte a sua equipe de advogados se pelo mal que lhe estão causando, não lhe dá amparo legal para entrar na justiça, cobrando por "Danos Morais", ou exigindo, na melhor das hipóteses, que seu nome não seja mais citado negativamente! 
Cordialmente, 
Almir Papalardo, 4-5-2016

Um comentário:

  1. Caro Almir, estamos vivendo um momento que não é mais utopia ou sonho, estamos prestes a ver este Canalha, psicopata, ladrão até do patrimônio do Palácio da Alvorada, chefe desta quadrilha do PT, ele seguir de cabeça baixa com as mãos algemadas para traz, em direção à Cadeia.
    A justiça as vezes tarde, mas a "Conta" vem para todos, e a deste crápula, está chegando!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-