sábado, 4 de junho de 2016

O que esperar da votação no Senado pela saída definitiva de Dilma?

Valdemar Habitzreuter
Foram 55 votos a favor da admissibilidade do impeachment. Para sua cassação definitiva serão necessários 54 votos. E agora José, o que vai acontecer?

A maioria do povo brasileiro quer o afastamento definitivo pela incompetência total da presidente e pela destruição da economia que ela ensejou enquanto no cargo.

Resta saber se os nossos representantes no Congresso ouvirão o clamor do povo;
resta saber se não há dissidentes que anteriormente votaram a favor do afastamento e agora queiram voltar atrás - Romário é um deles, está indeciso;
resta saber se não há senadores que queiram criar ainda mais confusão na atual conjuntura crítica em que vive o país, seja lá por qual motivo, ou deliciar-se no circo pegar fogo ou já em final de carreira não se importar mais com o que possa acontecer ao Brasil – chamemo-nos de hipócritas;
resta saber se não há traidores que querem a volta de Dilma com medo do governo Temer dar certo.

Tudo podemos esperar de nossa carcomida classe política, de nossos representantes; há os de consciência política de responsabilidade e verdadeiros representantes do povo, e há os de revestidos de pele de carneiro, mas no fundo são lobos malévolos famintos por desgraça alheia, no caso, de toda sociedade brasileira;
sobretudo, há os que estão envolvidos em crimes levantados pela Lava-jato e não terão pejo de serem desfavoráveis a dias melhores para o país, já que eles próprios vão amargar punições nos rigores da lei.

Há, sem dúvida, senadores que estão indecisos e estão esperando o desenrolar do governo Temer. Se estiver no caminho do fracasso aí a indecisão pode pender para a volta de Dilma... Quantos são os indecisos, como o Romário, não o sabemos. Só no dia da votação final teremos o veredicto.

Até lá cada qual faça sua aposta. Mas uma coisa é certa: se Dilma voltar, a classe política nada mais é que uma putrefação do nosso parlamento onde se parla, parla e parla e se vomita muita merda.  
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 4-6-2016

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-