terça-feira, 5 de julho de 2016

As raízes do totalitarismo islâmico

Coloquei o áudio da minha apresentação sobre o Islã no YouTube. Acho que facilita a quem queira ouvir.

O cerne da apresentação é tentar responder à questão sobre o nexo de causalidade entre as fontes sagradas do Islã - em especial o Corão e a Sunna do Profeta - e o terrorismo islâmico tão presente em nossos dias.

Quem melhor representa o Islamismo? Os muçulmanos moderados ou os terroristas?
Vitor Grando da Silva Pereira

4 comentários:

  1. Respostas
    1. CRISTO dependendo da língua significa ungido ou Messias.
      Uns dizem significar a mesma coisa. Não concordo.
      Ungido é aquele que se passa unguento , a frigideira que unta com óleo está ungida ou untada.
      Messias é o escolhido.
      Jesus é o messias, para os judeus. Cristãos tem o significado de escolhidos.
      Para mim tudo questão ideológica .
      Os judeus não aceitam Jesus como o messias.

      Excluir
    2. Cristo é tradução grega do hebraico Messias.

      Excluir
  2. Parabéns, Vitor!
    Manter o interesse (e participação) de uma plateia por uma hora e meia é obra!
    Tenho uma recomendação a fazer: cuidado com citações, de livros e de autores. Para uma plateia genuinamente interessada não tem nenhum problema.
    Mas, tratando-se de islão (e seu terrorismo) é ingenuidade pensar que "eles" jamais baterão à nossa porta.
    O que eu quero dizer com isto? Que você esteja muito bem preparado para as provocações verbais!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-