quinta-feira, 28 de julho de 2016

FGTS: Bradesco ou Itaú?

Alberto José
O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) foi criado pela Lei 5.107 de 13-09-1966, passando a vigorar em 01-01-1967 para proteger o trabalhador demitido sem justa causa.

O governo, agindo como um suposto pai preocupado com os filhos, ancorou as operações do fundo na Caixa Econômica Federal, orgão cujo controle operacional sempre foi concedido a políticos do partido mais influente.

Ilustração: Stefan

O trabalhador sempre teve a percepção de que o seu fundo é mal remunerado. Todo trabalhador, na primeira oportunidade que se apresenta, corre para retirar a sua economia lá depositada.

Hoje, com o afastamento do governo petista e com as recentes delações que estão comprovando que o FGTS foi usado para enriquecer empresários "amigos do Lulla e da Dillma", os bancos privados se apressam em abrir caminho para gerir esse fundo bilionário. Afinal, todos querem ganhar - ninguém trabalha de graça - mas, ser remunerado de acordo com o mercado é uma coisa, e ter a remuneração determinada pelas aplicações decididas por grupos políticos é bem diferente.

A jornalista Míriam Leitão, registrou no seu livro "História do Futuro" a comparação entre uma aplicação remunerada pelo CDI e a correção do FGTS entre agosto de 1994 e dezembro de 2012 e obteve um resultado digno de nota! O CDI acumulou 2.682,57% enquanto no mesmo período a remuneração dos depósitos no FGTS foi de (pífios) 373,64%!

Além do mais, se o dinheiro depositado pertence ao trabalhador, ele deve ter o direito de exercer a sua opção pela manutenção do seu fundo no banco da sua confiança, imune às interferências do "aparelhamento" político do orgão administrador da sua economia! 
Título e Texto: Alberto José, 28-7-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-