sábado, 2 de julho de 2016

“Quem ignora a realidade choca de frente com ela”

PSD
Pedro Passos Coelho afirmou que o atual Governo não está “a aproveitar as oportunidades”, está a maximizar “os riscos”.

Ao nível político, começou a desenvolver-se nos parceiros europeus a percepção que podemos estar num caminho de incumprimento. E volta e meia aparece isso em declarações públicas de forma directa ou indirecta. O Governo tem respondido, renovando o seu compromisso de cumprir. Mas a desconfiança instalou-se”, referiu o Presidente do PSD esta quinta-feira, 30 de junho, no almoço/debate “Portugal-Perspetivas de Futuro” promovido pelo International Club of Portugal.


No caminho que está a ser seguido, Pedro Passos Coelho só vê maus sinais. “O investimento parou”, “o crescimento não vai ser tão elevado quanto o Governo esperava”, as “reversões de medidas” não param, as exportações não crescem, a escolha pelo incentivo da procura interna é um caminho que já viu “no passado e já se sabe no que dá”. Tudo junto: “não pode dar bom resultado. (...) O resultado só pode ser mau, não pode ser bom”.

Quem ignora a realidade choca de frente com ela. E nós hoje temos o benefício de o Governo ter uma clarificação muito grande da situação política, económica e social. De um lado o caminho do Governo, que não me cabe evitar e do outro lado temos uma percepção das nossas limitações e um plano”, defendeu.

No horizonte do líder do PSD está a necessidade de restabelecer a confiança, porque ela “é a base para quase tudo”.

Quando está perdida, as piores profecias tendem a realizar-se. Estamos perigosamente a aproximar-nos dessa confiança poder estar em causa e o trabalho para a reconstruir pode ser demorado”, disse. 
Título, Imagem e Texto (e Grifos): PSD, 30-6-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-