sábado, 2 de julho de 2016

Temer travestido de Dilma? Cadê a austeridade fiscal?

Valdemar Habitzreuter
Parece que mais uma vez assistimos a uma farsa política: o populismo para agradar a fulano e a sicrano. Temer já começa a se portar como tal. Ao assumir o governo como presidente interino, posicionou-se por uma austeridade fiscal séria para tirar o país do caos econômico. Mas agora vemos que não resiste à arma do populismo de fazer agrados a setores da população para não ser alvo de impopularidade, mesmo que isso implique em mais dificuldades de sair da crise econômica.

Assim, deu o aval para um aumento substantivo de salário do judiciário, um aumento do Bolsa-família acima do proposto pelo governo anterior e outros mais que virão, já que abriu a brecha para que outras categorias também tenham seus reajustes salariais.

O rombo de cento e setenta bilhões das contas públicas do governo Dilma e que foi tão alardeado como catastrófico por sua equipe econômica, parece não ter mais importância alguma. Logo, logo teremos o anúncio de aumento de impostos, podem crer, pois a conta não vai fechar, vai faltar dinheiro – CPMF em cima dos trouxas cidadãos, então... esperem para ver. 
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 30-6-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-