quinta-feira, 8 de setembro de 2016

A dor de cada um

Nelson Teixeira
Há momentos na vida em que só conseguimos enxergar a dor que sentimos. Pensamos que as dificuldades, a dor e o sofrimento só aparecem na nossa vida. Nosso egoísmo nos faz pensar assim. Se pudéssemos ver e ouvir a história de tantos outros irmãos que vivem muitas vezes tão próximos de nós, certamente que nos envergonharíamos de nós mesmos.

Não estamos dizendo que devemos menosprezar nossas dores, mas sim que não somos os escolhidos para a dor. Cada um de nós tem as suas dificuldades, os seus obstáculos a serem superados, vencidos. Na Terra, todos estão em aprendizado.

Somos ainda imperfeitos e para que nós melhoremos, infelizmente temos que passar por determinadas situações difíceis, mas não podemos desanimar, tampouco perder a fé e a esperança. Um dia tudo passará.

Ainda passamos pela dor porque não conseguimos extirpar todo o mal que aprendemos a alimentar dentro de nós. Infelizmente, ainda nos deixamos envolver por sentimentos ruins como mágoa, rancor, ressentimento, tristeza, medo, inveja, ciúme, raiva e tantos outros.

Dificilmente paramos para olhar ao redor e ver a dor do próximo, muitas vezes em proporção muito maior do que a nossa. Por tudo isso, em vez de reclamar e se lamuriar, olhe ao redor. Auxilie ao próximo, como puder, e saiba que agindo assim, estará buscando a própria cura de suas dores.
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 8-9-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-