quarta-feira, 14 de setembro de 2016

“E a saudade dele está doendo em mim”

Esta belíssima composição é de Sérgio Bittencourt [foto], em homenagem a seu pai, Jacob do Bandolim. Ouvi-a pela primeira vez no programa (de auditório) de Flávio Cavalcanti, no qual Sérgio era jurado, em 1972.



Relacionados:

2 comentários:

  1. Os vídeos de Nelson Gonçalves e Zélia Duncan cantando "Naquela mesa" (sambinha) "ligam muito a palavra saudade com (a) pessoa amada que partiu."
    Continuo querendo ouvir um fado que 'ligue a palavra saudade a quem partiu/morreu"...

    ResponderExcluir
  2. A música brasileira é fértil em canções de filhos que homenageiam seus pais. A composição: 'Meu Espelho', de João Nogueira é um grande exemplo. Mas ninguém louvou mais o pai do que Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Gonzagão tinha um amor extraordinário e sagrado pelo seu pai Januário.

    João Sebastião Ribeiro

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-