sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Vem aí mais frio!

Ministério da Saúde alerta para cuidados a ter com vaga de frio

As previsões apontam para temperaturas entre os dois e os 10 graus em Lisboa e os cinco graus negativos em Bragança. Conheça as recomendações do Ministério da Saúde.

Foto: José Coelho/Lusa
Agência Lusa

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) recomenda à população para se proteger da vaga de frio — sobretudo pessoas com problemas de saúde — vestindo várias camadas de roupa e optar por refeições mais frequentes e quentes. Devem ser ainda evitados esforços físicos intensos ao ar livre. Já as casas devem manter-se a temperaturas entre os 18 e os 21 graus, com atenção à ventilação no caso do uso de lareiras, braseiras, salamandras ou equipamentos de aquecimento a gás.

As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPAM) apontam para temperaturas muito baixas, durante toda a próxima semana, que podem oscilar entre os dois e os 10 graus na região da Lisboa. Em regiões como Bragança as temperaturas podem descer aos cinco graus negativos, com dois graus negativos já no próximo sábado.

A ARSLVT alerta igualmente toda a população para a conveniência de tomar medidas básicas de prevenção e proteção da saúde” lê-se em comunicado, no qual se lembra que em caso de necessidade as pessoas devem ligar para a linha Saúde 24 (808 242 424) ou ir ao Centro de Saúde mais próximo, evitando as urgências hospitalares.
Texto: Agência Lusa, Observador, 13-1-2017, 20h02

2 comentários:

  1. Pô! Hoje, às 18h estava 11°. Agora, 22h47, olhei lá para baixo: 9°!

    ResponderExcluir
  2. Temperaturas vão descer até aos 7 graus negativos

    As temperaturas vão descer a partir de quarta-feira (18 de janeiro) em Portugal continental devido a uma massa de ar continental mais fria e seca, adiantou à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada.

    Segundo a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, na sequência desta massa de ar está prevista uma descida da temperatura mínima da ordem dos 4 a 6 graus e uma descida das máximas de 7/8 ou 9 graus.

    "As mínimas serão de zero graus junto ao litoral. Nas regiões do interior serão inferiores a zero, variando entre -3 e -7 graus no interior norte e centro. As máximas não vão ultrapassar os 10 graus, com exceção do Algarve onde podem chegar aos 12/14 graus. No interior haverá sítios onde serão mesmo inferiores aos 05 graus", disse.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-