quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

[A Verdade Política] Dívida do governo com a Previdência Social

Vanderlei dos Santos Rocha

Pois,
Vamos falar de previdência.
A lei Elói Chaves de 1923 instituiu a fundação dos institutos de pensões dos trabalhadores.
Vários foram fundados para atender às diversas classes de trabalhadores: IAPI, IAPC, IAPFESP, IPASE, IAPM, IAPC, IAPB entre os principais.

Em 1945, com capital sobrando, essas instituições começaram a investir nas áreas de alimentação, habitação e saúde de seus associados.

Abaixo, a evolução da dívida federal com os IAPs, com dados atualizados de 1998. Infelizmente não achei outras atualizações.

1947: 989.038.611,33
1950: 932.369.823,95
1951: 1.849.024.295,19
1957: 4.826.370.289,43
1959: 3.959.172.377,83
1960: 5.156.075.797,28
1961: 5.134.852.221,96
1962: 4.784.316.483,35

Os investimentos em empresas como a CSN e a Vale foram milionários.

Abaixo, os investimentos na construção de Brasília, em terrenos e obras de infraestrutura.

IAPI 59.535.440,41
IAPC 48.030.193,08
IAPB 168.307,61
IAPFESP 13.164.506,75
IAPM 13.774.840,88
IAPETC 8.286.125,66
Totais: 188.959.414,40

Em 1964 a dívida federal com os IAPs era enorme.

A título de comparação, os IAPs faturavam 43 bilhões e o orçamento federal era de 113 bilhões.
Continuando a derrubar a situação o governo decide em 1966 unir todos IAPs em um órgão estatal chamado INSS.

Em 1967 a União devia 502 milhões.

Em 1976, 2,7 bilhões, lembrando sempre que são cálculos para 1998.

Sendo que o acumulado da União em 1976 era da ordem de mais de 5 bilhões de reais.

Sugiro a leitura deste link: IAPS

Exige-se a reforma da previdência com a equiparação dos regimes RGPS com o RPPS.
Ninguém deve ganhar mais do que o teto no setor público do que o trabalhador do setor privado.

Não vou fazer cálculos espúrios, mas a dívida hoje é da casa de trilhões.

Quem quiser ganhar mais que o limite de teto do INSS que faça previdência privada.

Em países de primeiro mundo geralmente são aos cuidados de sindicatos.

Porém, aqui no Brasil, deixar as galinhas nas mãos das raposas sindicais é fatídico.

Tivessem os governos todos cumprido suas partes na previdência, hoje os institutos de pensões brasileiros seriam gigantes, mais fortes que o BNDES.

Porém, se estivessem nas mãos petistas estariam quebrados, como todos os fundos de pensões estatais.

Antes do SUS o atendimento de saúde dos caixas de pensões brasileiros era considerado de primeiro mundo.

O sistema habitacional dos institutos resiste ao tempo, basta ver os conjuntos habitacionais do IAPI Brasil afora, que resistem ao tempo com mais de sessenta anos.

A maioria das empresas possuía supermercados com alimentos vendidos aos funcionários por preços de custo.

Suas farmácias cediam remédios com 50% de desconto e alguns alternativos gratuitamente.

Espero ter contribuído para os PORQUÊS de reformar-se a previdência.
Título e Texto: Vanderlei dos Santos Rocha, 22-2-2017

Colunas anteriores:

Um comentário:

  1. Talvez ninguém venha a ler o LINK postado.
    Getúlio Vargas roubou a previdência.
    JK roubou a previdência.
    Os militares roubaram a previdência.
    A constituição de 1988 continuou a roubar a previdência.
    O brasil deve 1,5 PIBs aos trabalhadores brasileiros.
    fui e não volto...

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-