segunda-feira, 17 de abril de 2017

Hoje em dia continua a ser chique ser ateu

Gago Coutinho

Já houve um tempo em que ser de esquerda era um sinônimo de intelectualidade, tudo em conformidade, a esquerda até anda de braço dado com o islão, os nazis que eram socialistas, até eram parceiros da irmandade muçulmana na perseguição aos Judeus. Hoje, pouco ou nada mudou. Exceto que a maior parte dos cientistas não é ateia, é crente... já lá vamos.

Contudo, ser ateu não é sinónimo de nada, apenas do vazio, a não ser na permeabilidade ao islão, na ausência de valores, pois os mesmos também são ensinados, o Homem nasce bárbaro, e quem melhor para os ensinar do que a Igreja Católica?

Eu não conheço, a mim nunca me ensinaram nada de mal na catequese, na missa, muito pelo contrário. E, além disso, é uma traição ao nosso passado... sequer a idade média foi a idade das trevas, foi a idade da luz, da cor e a semente do que hoje temos. Outros quinhentos para desmontar da escola com partido.

Isto, a propósito de ter reparado que há alguns cristãos que muito gostam de malhar na Igreja Católica, quando a mesma é o maior vulto do planeta na caridade, e isso revolta.

Que de tão mal pode ter uma instituição que faz caridade voluntária? Até alguns libertários andam esquecidos e pensam que Igreja não teve nada a ver com a ciência econômica, nada mais errado, a Igreja católica foi a impulsionadora da ciência, a todos os níveis.

Para aqueles que só acreditam na ciência há algo que devem saber:

No tempo de Carl Sagan, acreditava-se que bastavam duas ou três variáveis para haver outro planeta com vida, como o nosso, estar à mesma distância de uma estrela, ter um satélite como a lua e pronto. Só que astrofísica evoluiu, e, não chega, era preciso um planeta com o centro ferroso para termos um campo gravítico e proteger o planeta dos raios gama, era preciso um Júpiter que tivesse uma massa tão grande que atraísse para ele todos os corpos, e a terra não esteja a ser bombardeada a todo o momento tipo carros de choque, era preciso uma atmosfera, haver água... etc.
Ora, as variáveis são tantas que é uma impossibilidade matemática haver vida além do planeta terra.
Se calhar, é porque Deus existe mesmo, isto é um milagre e obra Dele.


Título e Texto: Cago Coutinho, Facebook, 17-4-2017

3 comentários:

  1. Nunca vi tanta bobagem escrita.
    Se ateu não é sinônimo de nada como pode ser de vazio?
    A idade média foi a idade das travas, atrasou a ciência no mínimo 100 anos. Isso são TREVAS.
    DEPOIS O PARADOXO DAS VARIÁVEIS, todo os planetas possuem gravidade, para haver atmosfera tem que haver água.
    SEM ÁGUA NÃO HÁ VIDA IGUAL A NOSSA.
    O CATOLICISMO é uma praga, tal e qual o islamismo, as cruzadas e a inquisição não estão em um passado tão remoto, apenas esquecido.
    A igreja católica ensina tão bem que MARX baseou-se nas reduções jesuíticas para formular sua teoria de comunas.
    DEUS está morto.
    fui...

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. RETRIBUINDO A IRONIA.
      O QUE CONTINUA A SER CHIQUE É ACEITAR OS ISLAMISMO, SER POLITICAMENTE CORRETO, XINGAR O TRUMP E TER IDEOLOGIAS RELIGIOSAS.
      ATEÍSMO não é ideologia é uma filosofia de vida tal e qual o budismo, amamos a natureza e não possuímos deuses.
      Temos plena consciência que o grande mal da humanidade é o homem, aqui nada se cria, nada se perde, tudo se transforma em humanos, diminuindo a capacidade biológica e regenerativa da natureza.
      Em tempo senhor Grando, nada e vazio é a mesma coisa.
      Carl Sagan era um astrônomo bundão.
      Já AZIMOV previu muitas coisas do futuro que aconteceriam até 2014, somente errou por 3 anos a fusão nuclear conseguida pelos alemães este ano.
      Segundo Azimov é muito EGOÍSMO não crer que não há outros sers no universo, difícil é chegar até eles ou eles chegarem até nós.
      O IDIOTA do Sagan mandou sondas enviando mensagens que talvez fiquem perdidas no espaço.
      Ah! Antes de nova ironia, o espaço sideral não tem código de endereçamento postal, não possui GPS, nem estações de radio. Sem a possibilidade temporal de saber a órbita temporal de qualquer objeto estelar, não se pode fazer cálculos de endereçamento.
      Podemos mandar uma nave até Netuno, orbita conhecida, mas não podemos mandar a Alfa Centauri estrela conhecida distante.
      Nietzsche está certo, deus está morto e jaz no crepúsculo dos ídolos.
      O ser humano é niilista, cuida de um deus que não vê, e destrói o deus que lhe dá vida e cuida de suas necessidades vitais e supérfluas, GAIA.
      Fui,
      desconstruindo...

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-