quarta-feira, 5 de julho de 2017

Pedras do nosso caminho

Nelson Teixeira

O que seria a alegria se não tivéssemos nem um momento de dificuldade? É verdade que quando estamos tristes dá vontade de desistir, perdemos a esperança, choramos, nos fechamos para o mundo. Pare um pouco e lembre-se de todas as vezes que você caiu; sempre havia um dia seguinte, outro e outro. Algumas vezes, você sentiu uma mão amiga te levantando. Outras vezes, você respirou fundo e levantou sozinho, com vontade de tentar mais uma vez.

O importante é saber que sempre após a queda, ainda que demore um pouquinho ou um pouco mais de tempo, você se levanta, mesmo quando acredita que todas as suas forças se extinguiram e que o mundo acabou com elas. Neste momento, você percebe a importância das amizades, da esperança, da força de vontade, do querer, do buscar, do acreditar.

Provavelmente, você caia de novo, mas, tenho a certeza, também vai alcançar o topo de muitas montanhas. O bom de tudo isso é que você vai acumulando experiência e se tornando uma pessoa melhor. Os maiores ensinamentos da vida estão nos becos escuros, onde parece não ter nada. Tenha sensibilidade e paciência para saber encontrá-los.

Obstáculos sempre existirão, e pessoas com más intenções estarão à sua volta. É inevitável que as pedras estejam em nosso caminho. O diferencial aqui é saber lidar com tudo isso da melhor forma possível, para que você não saia ferido. Saber tirar proveito destas situações, aprendendo com elas; isso poderá tornar a sua vida muito mais fácil e gratificante. 
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 5-7-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-