terça-feira, 22 de agosto de 2017

A Bolívia fecha parcialmente fronteira com o Brasil mas os críticos de Trump não dão um pio

mrk
Bandeira da Bolívia, foto: Getty Images

Carlos Romero Bonifaz, ministro do Interior da Bolívia, confirmou que o Brasil concordou em fechar durante um mês trinta e sete trechos de sua longa fronteira para combater o crime organizado. A medida se limita aos postos fronteiriços do Departamento (Estado) boliviano de Pando. Ela está em vigor desde sábado e deve durar um mês. As informações são da revista Exame.

Bonifaz disse que o objetivo é combater o narcotráfico, o tráfico de armas, de pessoas e outros delitos.

Em julho, integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) assaltaram uma joalheria em Santa Cruz de La Sierra em uma operação que deixou cinco mortos. Em março, o PCC roubou um carro-forte na cidade de Roboré, próximo à fronteira com o Brasil.

Até aí tudo bem. Tudo muito bom.

Mas como é que fica aquela turma que disse que sob nenhuma circunstância se deve estabelecer controle de fronteiras? Não era para deixar todas as portas abertas? Ou a regra só vale para criticar o muro de Trump?
Título e Texto: mrk, Ceticismo Político, 22-8-2017

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-