quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Terror criado por Maduro pode estar salvando o Brasil do mesmo destino que a Venezuela

mrk

Alexis Fonteyne escreveu: “Eu gostaria de agradecer ao Maduro. Quanto mais merda ele faz na Venezuela mais ele faz a esquerda brasileira ficar sem referência, sem discurso e totalmente constrangida. Com uma inflação de 1.700% ao ano, recuo no PIB de 20,3% nos últimos anos e o assassinato de um cidadão por dia pelo ditador, a Venezuela se tornou o País mais miserável e violento das Américas, mesmo tendo uma das maiores reservas de petróleo do planeta.

Obrigado, Maduro! Você nos salvou, nós não queremos nunca mais ver a esquerda governando o Brasil. Eu só lamento que o custo deste péssimo exemplo seja à base de muito sofrimento da população Venezuelana”.

Sei que é terrível ter que concordar (em parte) com as palavras acima, mas é uma verdade incontestável que o tema “Venezuela” vai para o centro da disputa eleitoral em 2018.

Teremos que trazer à tona este tipo de debate, no qual a questão fundamental é: queremos viver no mesmo inferno que hoje vivem os venezuelanos ou não?

Se não quisermos o mesmo destino, teremos que rejeitar qualquer político de partidos de extrema-esquerda, como PT, PCdoB, PSOL, PDT e Rede.

É uma pena que o povo venezuelano tenha que sofrer tanto a troco de um exemplo vivo daquilo que não queremos para qualquer nação civilizada. 
Título e Texto: mrk, Ceticismo Político, 9-8-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-