quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Finados

Nelson Teixeira

Não fale dos mortos, senão para deles falar bem. Disse um conhecido escritor:
“O louvor aos mortos é um modo de orar por eles”. É isso. Aos mortos devemos orações e palavras carinhosas; e ainda mais que palavras, vibrações de respeito e amor, uma terna saudade, uma lágrima, quem sabe.

Nunca, porém, tristeza e inconformação. Nossos mortos não morreram: partiram antes de nós, e onde estão nos esperam para o reencontro feliz.

Que não haja dúvida em seu coração sobre a imortalidade. A morte não existe; o que há são mudanças de estado: hoje estamos na matéria pesada do nosso corpo físico; amanhã estaremos na matéria leve e luminosa do nosso corpo espiritual. 
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 2-11-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-