quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Crucifixo no salão nobre da câmara de Viseu "é para manter"

Jornal do Centro

O presidente da Câmara de Viseu recusa retirar o crucifixo que está no salão nobre dos Paços do Concelho. A proposta para retirar este objeto de culto partiu dos vereadores do PS no município e foi apresentada durante a reunião do executivo que se realizou na manhã desta quinta-feira (28 de dezembro). Baila Antunes não concorda com a presença deste objeto religioso na sala principal da autarquia, lembrando que Portugal é um Estado laico.

“A quase totalidade das escolas já retirou os crucifixos, assim como a maioria dos edifícios públicos, naquilo que era uma velha imposição salazarista. Assim, ultrapassando um certo anátema histórico associado à interioridade e sendo que Viseu é hoje uma cidade moderna e multicultural, deseja-se que seja também atrativa, aberta e inclusiva. Por tudo isto, e pela defesa da laicidade do Estado e igualdade de todas as religiões crenças e não crenças, o PS propõe a retirada deste crucifixo”, explica o socialista.

O presidente da autarquia, Almeida Henriques, garante que enquanto estiver à frente do município não vai retirar o objeto em madeira.

“Eu respeito muito os valores cristãos da esmagadora maioria da população de Viseu. Enquanto for presidente da Câmara este símbolo do respeito pelos valores do cristianismo não deixará de ser espelhado através da manutenção do crucifixo na parede. Uma posição que assumi há quatro anos e vou continuar a assumir. Mal parece que uma oposição perca tempo com estas coisas”, sustenta o autarca.

A reunião do executivo municipal de Viseu desta quinta-feira ficou ainda marcada por um “bate boca” entre Almeida Henriques [foto] e a oposição PS, com o presidente da Câmara a insistir nas críticas aos socialistas por fazem uma oposição do “bota a baixo", acusações refutadas pelos socialistas. O autarca voltou mais uma vez a acusar a vereadora Lúcia Silva de ser “mal-educada” por interromper constantemente a reunião.
Título, Imagem e Texto: Jornal do Centro, Viseu, 20-12-2017

Um comentário:

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-