segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Curso do Historiador Voltaire Schilling: Utopias e Distopias na Cultura Ocidental


Três fenômenos históricos (os Descobrimentos, a Revolução Industrial e a Revolução Francesa) – ocorridos entre os séculos XVI e XIX – estimularam pensadores das mais diversas origens a elaborar profundos projetos de reforma social e política. Surgiu então uma vasta literatura utópica, composta por registros imaginários de sociedades perfeitas, inexistentes na realidade empírica. Essa literatura serviu de inspiração direta às grandes reformas e revoluções que aconteceriam a seguir.

O cenário otimista se esvaneceu no século XX, especialmente depois do triunfo da Revolução Bolchevique e da imposição do estalinismo na nascente União Soviética. Como resposta ao fracasso dos projetos utópicos, emergiram textos que apresentam sociedades cruéis, totalitárias e esmagadoras da liberdade humana: são as distopias. Nessas obras, a engrenagem de poder é tal modo opressiva que a vida individual converte-se em um infinito e sombrio pesadelo.

Obras a serem analisadas:
Utopia (1516) – Thomas Morus
A cidade do sol (1623) – Tomaso Campanella
Nova Atlântida (1659) – Francis Bacon
Sistema industrial (1821) – Saint-Simon
O novo mundo industrial e societário (1829) – Charles Fourier
O que é a propriedade (1840) – P.J. Proudhon
Nós (1921) – E. Zamyatin
Admirável mundo novo (1932) – Aldous Huxley
Do zero ao infinito (1940) – Arthur Koestler
1984 (1948) – George Orwell

QUANDO: 15/01, 22/01 e 29/01.
ONDE: Centro Municipal de Cultura, Avenida: Erico Veríssimo, 307.
HORÁRIO: 18h30min às 20h.
CUSTO: R$40 e R$20 (estudantes, professores e funcionários da Prefeitura).

Cordialmente,
Universidade Aberta.
Para mais informações: 
32898050 / 32898052

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-