quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

MBL promove fake news?

Vitor Grando

Dizem os seus críticos categoricamente: sim! Curioso que sou - masoquista, alguns diriam - lá fui eu procurar - ao ser provocado por um esquerdista - a tão esperada prova contra o MBL.

Trata-se de um vídeo divulgado pelo grupo e apontado como falso pela tal Agência Pública - patrocinada por George Soros - que se apresenta como "fact checkers". É uma agência que supostamente caça mentirinhas na internet.

No vídeo do MBL, a alegação central de Kim Kataguiri [foto] é de que 70% dos presos são reincidentes. A mui idônea agência resolveu "checar" tal informação e pontificou: é falsa.


Mas há um problema muito claro e evidente para quem, como eu, não se deixa levar pela narrativa e vai atrás dos fatos. A Agência - repito: mui idônea que só está pensando imparcialmente na verdade - M A L A N D R A M E N T E usa uma definição de reincidência DIFERENTE do MBL e, assim, o condena como propagador de informação falsa. Caso clássico de uma falácia da equivocação - usar o mesmo termo com sentidos diferentes num argumento.


No caso da agência, considerou-se a noção muito restritiva de reincidência do nosso Código Penal: considera-se como reincidente quem comete um crime em um prazo menor do que cinco anos entre a extinção ou cumprimento da pena anterior e o trânsito em julgado da nova sentença. Trocando em miúdos: se o sujeito sai da prisão depois de cumprida sua pena e logo em seguida é preso por um novo crime de assassinato, adivinhem? Ele NÃO é considerado reincidente dado não haver tido o trânsito em julgado de sua sentença. Isso pode fazer algum sentido no contexto legal, mas no contexto real é um completo disparate.

A vigarice é tamanha que a própria agência reconhece que há dados de outras fontes mais antigas que apontam o número de 70% de reincidência (provavelmente com critérios diferentes), mas ela preferiu a definição que lhe fosse conveniente para sua narrativa. Isso fez com que ela pudesse restringir os casos de reincidência a meros 24%.

Entendem, meus caros, por que o povo cansado de ser feito de otário escolhe gente antiestablishment como Donald Trump? Chega de ser feito de tolo por esses malandros. Neste ano, dê você também um pé na bunda do establishment! 
Título e Texto: Vitor Grando, Facebook, 31-1-2018

Relacionado:
Checamos o que o MBL diz sobre regime semiaberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-