sexta-feira, 13 de abril de 2018

Descubra as diferenças

Rui A.

Há dois ou três dias, o Bloco de Esquerda e a Menina Mortágua acusaram Mário Centeno de estar a ir além das metas do défice impostas por Bruxelas.

No já distante ano de 2015, o líder do PS, António Costa, que é agora o chefe do governo onde Centeno ultrapassa as ditas metas bruxelenses, atacava Pedro Passos Coelho, então primeiro-ministro, num debate televisivo, com a seguinte frase sonora: “O senhor gosta tanto da troika que quis ir além da troika”.

«Ir para além do défice» e «ir para além da troika»: onde estão as diferenças?

Num ponto evidente: em 2011 o país estava falido; agora já não está.
Título e Texto: Rui A., Blasfémias, 13-4-2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-