quinta-feira, 5 de abril de 2018

Um mês acabou com a seca em Portugal

O segundo março mais chuvoso dos últimos 87 anos levou ao fim da situação de seca em que o território continental português se encontrava desde abril de 2017


O mês passado começou e terminou com chuva por todo o país, sendo o segundo março mais chuvoso desde que há registros (1931) – o que teve maiores níveis de precipitação foi o de 2001 –, de acordo com os dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Isto bastou para pôr um ponto final na situação de seca que se verificava no território do continente desde abril de 2017. No dia 31, apenas uma pequena região no sotavento algarvio ainda se encontrava em seca fraca, o que corresponde apenas a 0,1% do território. Em fevereiro, 83,1% do país estava em seca severa, 11,4% em seca moderada e 1,3% em seca extrema.

Além de chuvoso, março de 2018 também foi o mais frio desde 2000, com um valor médio da temperatura máxima inferior ao normal em cerca de 2,6°C.

As previsões imediatas do IPMA parecem cumprir o ditado “Em abril, águas mil”: chuva persistente pelo menos até quarta-feira, dia 11.
Título e Texto: SÁBADO, nº727, de 5 a 11 de abril de 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-