sábado, 5 de maio de 2018

Esta gente consegue ver-se ao espelho?

Helena Matos

Foto: Hugo Amaral/Observador
MAIO 2018: António Arnaut considera que José Sócrates fez bem em sair do PS. Para o histórico socialista, o ex-primeiro-ministro “não tem de se queixar de ninguém”. “Sócrates só se pode queixar de si próprio” O presidente honorário do Partido Socialista considera que José Sócrates “não está em condições de fazer parte dos quadros do partido” e, por isso, tomou a decisão certa ao abandonar o PS. “Por uma questão de salvaguarda da dignidade do partido ele tinha de se afastar”, afirma António Arnaut.

NOVEMBRO DE 2014: O antigo ministro António Arnaut, fundador do Serviço Nacional de Saúde, afirmou-se hoje, em Coimbra, “muito preocupado” com a prisão de José Sócrates e referiu que o desfecho, seja qual for, abala a democracia. “A situação que vivemos, com a prisão de um antigo primeiro-ministro, sobretudo por causa da midiatização e mesmo até de um espetáculo tipo circense, que as autoridades judiciárias deram, preocupa-me muito”, afirmou António Arnaut.
Título e Texto: Helena Matos, Blasfémias, 4-5-2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-