sábado, 5 de maio de 2018

Pinto da Costa, o homem que mudou o futebol português (e voltou a ser feliz aos 80 anos)

Após quatro anos de más escolhas, Pinto da Costa acertou no embrulho (Sérgio Conceição) e foi a partir daí que teve a melhor prenda aos 80 anos. Alguém se recorda o que era o FC Porto antes dele?

Pinto da Costa na apresentação de Sérgio Conceição, tendo como imagem de fundo a final de Viena de 1987. Foto: AFP/Getty Images
Quando olhamos para a imagem deste texto, vemos lá ao fundo o dia em que o FC Porto venceu o favorito Bayern na Taça dos Clubes Campeões Europeus em Viena, no ano de 1987, e se apresentou ao mundo europeu numa história que iria prolongar-se até hoje.

No ano passado, o clube assinalou os 30 anos do feito mas não pôde propriamente comemorar: no presente, não havia alegrias, algo custoso para quem foi enraizando o hábito de ganhar ao longo de décadas. Um ano depois, tudo mudou.
Leia mais no Observador.


Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-