quinta-feira, 5 de julho de 2018

A mirabolante Reforma da Previdência

Almir Papalardo


Comentário dos aposentados sobre a falida reforma da previdência:

O presidente Michel Temer, imprudente, obstaculizou sua boa aceitação do curto governo com a teimosa intenção de fazer uma pretensa Reforma da Previdência.

É óbvio que a Previdência Social há muito necessita ser reformulada. A sua iniciativa até que foi acertada; mas não com a reforma nos moldes que ele não cansava de anunciar, onde as burradas e os desacertos não foram atacados para pôr a Previdência nos trilhos certos de um forte e sustentável sistema de proteção aos trabalhadores ativos e inativos.

A CPI da Previdência comandada pelo senador Paulo Paim provou que a Previdência não é deficitária, apenas é mal administrada, onde impera privilégios indevidos e desagregadores entre todos os Regimes funcionais; desvios escandalosos nos seus cofres; perdões de dívidas de afortunados devedores; quando o bom senso e o acerto de gestão mandava que vigorasse os mesmos direitos e deveres para todos os regimes cobertos pela Previdência Social, tornando o sistema previdenciário igualitário para todos os Regimes.

E os recursos da Previdência deveriam ser destinados somente para trabalhadores ativos e inativos. Nada de meterem a mão boba nos recursos da Previdência que só aos trabalhadores pertence! Cadê as providências que deveriam ser urgentemente tomadas para a correção dos erros apontados pela CPI?

Os abutres apreciadores da carne dos trabalhadores ativos e principalmente dos aposentados, obstruiu-as! Nada mais se fala daquela CPI! A CPI da Previdência caiu no esquecimento, como sempre acontece quando desagrada aos parlamentares que estão espertamente estacionados no quesito QUANTIDADE, que tudo para si sugam, desconsiderando os melhores projetos propostos pelos que militam no quesito QUALIDADE, com propostas boas para a toda a sociedade... 

Os aposentados do RGPS que recebem mais de um salário mínimo, mas que nunca conseguiram se manter no teto da Previdência, nem no mesmo número de salários mínimos que tinham no início da aposentadoria, estão há duas décadas sendo prejudicados e massacrados pelo sistema fétido de dois índices diferentes na correção das suas aposentadorias (vide o gráfico pertinente).

Desapontados e constrangidos, não viram qualquer menção nesta fajuta reforma pretendida, o que a tornou indesejada e repudiada, porque, não tencionavam corrigir a sandice enraizada, onde os aposentados da iniciativa privada vêm tendo sua aposentadoria desconstruída! Tinha mesmo que fracassar...

Reforma da Previdência sem corrigir a desonestidade provada na referida planilha, jamais poderá ser considerada uma reforma de verdade! É um paliativo enganador, onde a vítima é sempre o aposentado da iniciativa privada. E o resultado não poderia ser outro: -"mexer na Previdência, jamais! Só se for para abrir novas brechas para que ela possa ser melhor saqueada, é este o sórdido pensamento dos imorais! 
Título, Planilha e Texto: Almir Papalardo, 4-7-2018  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-