quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Meu candidato é Jair Bolsonaro. Portanto, faço e continuarei fazendo campanha PARA e POR ele


Não tenho tempo a perder, nem quero ter, em repassar/reenviar/apoiar quaisquer denúncias, sejam elas procedentes ou inventadas – como sói ser a maioria dos ataques ao meu candidato e ao seu vice –, sobre os adversários de Jair Bolsonaro.

Sempre disse ao meu filho que a escolha de um candidato, seja ao que for, não se faz na véspera da eleição, mas sim, acompanhando a atuação política dessa pessoa.

Como já comentei por aqui, meu filho e eu votamos em Ciro Gomes para a presidência, na eleição de 1998. Quatro anos depois, Cruz credo! Vade retro!

Acompanhar como? Ora, lendo jornais, revistas, assistindo a telejornais, etc. você vai construindo, ou refazendo, a sua percepção sobre aquele agente político. Aí quando chega a eleição é só arredondar ou polir os acabamentos.

Quer um exemplo recentíssimo? Torci e apoiei João Doria como prefeito eleito de São Paulo. Escrevi por aqui que ele não deveria sair da prefeitura para ser candidato a governador ou a presidente (cogitava-se – ou queimava-se –, o seu nome para concorrer à presidência), mas que deveria cumprir o mandato de prefeito até ao final, tratar de fazer uma excelente administração, aguardar dois anos e aí sim, candidatar-se a governador ou a presidente. Com excelente obra feita seria barbada. Mas ele, Doria, decidiu diferente: deixou a prefeitura para o vice. Não terá o meu voto para p... nenhuma.

Well, dito isto, após quarenta e seis anos de uma aterrissagem no antigo Galeão, (re)emigrando do Congo-Brazzaville, em voo da Swissair direto de Dakar, deu um bom tempo para concluir o que quero para o Brasil, ou do que estou de saco cheio.

Estou de saco cheio do fascismo cultural marxista. Que, por falta de proletariado, resolveu inventar luta de classes onde antes existia, em rigor, falta de educação ou grosseria.

Quando vejo o acirramento contra Bolsonaro por parte de quadros do Facebook-Brasil, de ‘jornalistas’ da TV Bandeirantes ou da TV Record...

(Caralho! Esta conta foi suspensa pelo Twitter!)

... mais cresce a minha vontade e ansiedade em votar na chapa Bolsonaro/Mourão.

Quando vejo, leio e ouço, o acirramento contra Bolsonaro, dizia eu, me lembro do que aconteceu e acontece com Trump. Antes, com o que aconteceu com o governo anterior de Portugal.

Em Portugal, no dia seguinte à vitória da “direita”, os telejornais já abriam lembrando aos portugueses da miséria em Portugal que Pedro Passos Coelho se comprazia em promover. Afinal, ele herdara um país com os cofres cheios e já no dia seguinte ele começou a “roubar” dos portugueses e etc... Deixei de ler ou assistir.

Aí, ainda ingenuamente, me voltei para a revista TIME, para a CNN e France 24.
Quanto à TIME, os três ferrenhos leitores do blogue lembrar-se-ão das minhas surpresas e indignações quanto a algumas matérias...
Ia assistindo à CNN, à France 24...
Até que um dia, sem ter recebido um beijo, sequer um abraço, acordei e escrevi:  Impressionante a ‘unanimidade’ dos redatores e opinadores de jornais e televisões CONTRA Donald Trump!

Quem não lembra da cafajestada da capa da TIME “Trump, presidente dos EUA divididos”?

Gente, me aperceber que a CNN, a TIME, o New York Times, o Washington Post, o Los Angeles Times, o USA Today, o Le Monde e tutti quanti não passam de um bando de mercenários ao serviço do marxismo-leninismo, socialismo científico, whatever... já perto dos setenta, talvez deprimisse fatalmente outra pessoa, não eu, pelo contrário! Ainda tenho a ferramenta e a saúde para escrever, menos contra, mais a favor. Neste caso, Jair Bolsonaro e Antonio Mourão.

Relacionados:

8 comentários:

  1. Bolsonaro 2018, será a unica forma de exterminarmos essa esquerda que está se enraigando e levando o país à derrocada.

    ResponderExcluir
  2. Concordo, não vejo outra forma, mas, precisa de muita luta e muita 'macheza'. O candidato tem, e é ojerizado por isso.

    ResponderExcluir
  3. Meu voto vai para Henrique Meireles na esperança de uma estabilidade econômica e também ferro no SPREAD dos bancos. Torço também pela Bolsa Laqueadura para elas e Bolsa Vasectomia para eles! Povo que não sabe trepar sem fazer filho !

    ResponderExcluir
  4. Escreverei mais a favor do meu candidato.

    ResponderExcluir
  5. A corrupção no PSDB, seja FHC, Serra, Alckmin foi a terraplanagem na construção da estrada para a corrupção do PT, que soube pavimentá-la e asfaltá-la. Refiro-me à prática continuada e permanentemente ocultada e/ou tolerada. Não à responsabilidade pela conduta ilícita, obviamente. Antes mesmo disso, havia o PMDB, pai de todos, e que perdura até hoje.

    O silêncio do PSDB em relação às práticas de corrupção ao longo de todo o período do lulopetismo foi muito mais que uma conivência. (Antes que me critiquem o termo foi cunhado por André Singer, cientista político pela USP, filho do economista Paul Singer, DNA totalmente petista, portanto).

    Para usar uma metáfora médica, sempre muito eficiente quanto a assuntos em economia, o PSDB foi o câncer de pele, que causou uma ulceração permanente, sem aprofundar, mas longe de ser saudável. O PT foi o câncer de pele que atingiu os ossos. É incomparavelmente mais grave, mais profundo e mais sofrido.

    Não se trata de afirmar/sugerir que não houvesse corrupção antes disso, no período do regime militar. Mas de observar que esses partidos e seus líderes surgiram e ser afirmaram JUSTAMENTE como opositores de um sistema dado por corrompido, sem transparência, sem legitimidade. A legitimidade do poder do governante na democracia viria então pelo voto, pela liberdade plena de imprensa e pela ética moral e pela redução da pobreza e da desigualdade.

    São 30 anos pós-regime militar. Longe de mim, fazer qualquer apologia àquele período e sua ideologia de perseguição, repressão e ignorância. Mas que país herdamos do período PT-PSDB?

    Gostaria muito que houvesse na nossa imprensa de longo alcance, um jornalista-analista que pudesse ter o espaço e a coragem de realizar uma análise e tomar uma linha de raciocínio próxima a isso que sugiro aqui, e trazer ao grande público essa perspectiva da crítica, da vigilância, dando de fato nome aos bois, sem adotar uma visão generalizante desses eventos como se as nossas mazelas derivadas desse estado de corrupção permanente e crescente tivessem caído do céu sobre as nossas cabeças.

    Estela Regina Wonsik

    ResponderExcluir
  6. https://maisquevoto.com.br/jairbolsonaro

    ResponderExcluir
  7. Bom falar que vais fazer vasectomia e laqueadura que está garantida em LEI:

    LEI Nº 9.263, DE 12 DE JANEIRO DE 1996.

    Mensagem de veto
    § 7º do art. 226 da Constituição Federal cuja gratuidade deve ser das prefeituras e do governos estaduais.
    Brasília, 12 de janeiro de 1996; 175º da Independência e 108º da República.

    FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
    Adib Jatene

    O MDB promete o que já está em lei...

    ResponderExcluir
  8. A carta número 17 do Tarot é a Estrela.
    - Esta é uma das melhores e mais belas cartas do Tarot: a Estrela.
    - A carta a Estrela indica que temos uma estrelinha que olha por nós.
    - Ela é uma carta extremamente positiva, pois diz-nos que, qualquer que seja a situação pela qual estejamos a passar, temos no nosso caminho uma ajuda espiritual, um anjinho da Guarda que olha por nós, e que os obstáculos que encontrarmos no caminho serão ultrapassados.

    - É uma carta que exprime vitória a todos os níveis. Quando surge no lançamento, revela que podemos relaxar pois a situação acabará por tornar-se favorável para nós.
    - A nível amoroso, a Estrela indica um amor profundo e verdadeiro. Pode ser um novo amor, para quem está só, ou o final de uma fase má para quem esteve com problemas no relacionamento. Esta carta traz a paz, a felicidade e a harmonia.

    - A nível de saúde é uma carta muito protetora, que indica a cura de qualquer problema que tenha tido. Ela diz que vai ficar tudo bem, que seja qual for a questão colocada, Deus olha por si e irá trazer-lhe a cura oou pelo menos uma melhoria.
    - A nível financeiro, indica entrada de dinheiro e o fim de problemas, traz estabilidade, sucesso e prosperidade.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-