sexta-feira, 8 de março de 2019

[Versos de través] Dia da Mulher


Haroldo P. Barboza

Dúvida
O homem desorientado
Não sabe o que quer
Depende muito da Mulher.

Por séculos
O homem se fez de bravo
Mas deixou para a Mulher
O trabalho escravo.

Batalhas
A Mulher não teme a labuta
Vai conquistar seu lugar
Através de muita luta.

Engano
Neurônios em excesso
Não representam
Garantia de sucesso.

Na corda bamba
O homem estraga o mundo
Pelo menos a Mulher
Gera amor profundo.

Cegueira
O homem pensa ter visão
Mas o caminho correto
Ela tem no coração.

Sai da frente
Atenção homem:
Deixe de sacanagem
A Mulher pede passagem.

Troca
O homem oferece uma flor
A Mulher agradece
Devolvendo-lhe amor.

Sabedoria
Homem inteligente
Deixa a Mulher
Sempre contente.

Título e Texto: Haroldo P. Barboza, Rio de Janeiro, 8-3-2019

Anteriores:
A lenda viva de Papai Noel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-