segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Agora há pouca dúvida de que Lula quer mesmo derrubar Dilma!

Cesar Maia

1. Este Ex-Blog, dias atrás, divulgava a informação vazada do entorno do Instituto Lula que o mais conveniente para Lula seria Dilma pedir licença por doença. Temer assumiria a presidência e, em seguida, Lula e o PT partiriam para a oposição. Dilma não perderia seus direitos. E haveria tempo suficiente para organizar a campanha de Lula em 2018 como defensor dos pobres contra as medidas neoliberais que estariam sendo introduzidas.

2. Mas Dilma e seu entorno não teriam aderido à ideia, mesmo que para ser aplicada em médio prazo. Dilma se abraçou com seu mandato e se tornou agressiva, cada vez mais, dia a dia.

3. A experiência política ensina que nunca se deve nomear um ministro que não se pode demitir. É o caso de Joaquim Levy. Não que Dilma enfrente qualquer resistência política relevante para tomar essa decisão.

4. O problema é que a demissão, renúncia, ou mesmo a saída de Joaquim Levy por qualquer motivo que seja, como se especulou no final da semana passada, produziria um total descontrole da economia por refluxo dos atores econômicos: as medidas de ajuste fiscal não teriam mais como serem aprovadas, explodiria o dólar, cresceria a inflação, aumentaria o déficit público, os juros teriam que acompanhar, Brasil perderia o grau de investimentos pelas agências que faltam, aumentaria a relação Dívida/PIB, a recessão se tornaria mais rígida ainda, etc.

5. Todos os dias, Lula e seu entorno na CUT e no PT repetem em coro que a política fiscal é antipovo e que Levy é o responsável e que deve sair urgente, etc.
    
6. Ora, se a saída de Levy desintegra de vez a economia e o governo Dilma, todos os que trabalham para a derrubada de Levy, o que de fato querem é derrubar Dilma.
    
7. E quem é o maestro da banda do fora Levy? Lula, que não pode ser acusado de ingênuo. Ou seja, toda essa coreografia de Lula a favor de Dilma é evidente construção de álibi para não ser cobrado como traidor depois. Lula trabalha todos os dias para derrubar Levy, ou seja, derrubar DILMA.
    
8. Elementar, meu caro Watson, diria Sherlock Holmes. 
Título e Texto: Cesar Maia, 19-10-2015

Um comentário:

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-