sexta-feira, 20 de maio de 2016

Reforma da Previdência Social

Almir Papalardo

Prezados Compatriotas:

Chegou o momento tão esperado e ao mesmo tempo tão temido pelos trabalhadores em atividade e os trabalhadores já aposentados. É a hora de colocar-se a mão num vespeiro como o é a Reforma da Previdência Social. Ninguém teve a ousadia e a coragem suficientes para realizar tal reforma, o que deveria ter sido uma prioridade, evitando que o falido sistema previdenciário hoje chegasse ao ponto crítico em que chegou e, quem paga o pato, é sempre o aposentado da iniciativa privada, aqueles que ainda recebem proventos acima do salario mínimo, numa covarde e escancarada discriminação contra esses indefesos segurados.

Os aposentados do RGPS, já bastante escaldados, o segmento mais perseguido da sociedade, porque tiveram em dezoito anos suas aposentadorias destruídas pelos últimos três presidentes da república, encontram-se mais angustiados e inseguros ainda, pelo temor de continuarem com a reforma, sendo o único bode expiatório de um sistema que longe de ser um amparo ao trabalhador como prometido, tornou-se uma "pedra no sapato"! Está sendo incapaz de manter um poder de compra sólido como no início da aposentadoria, sendo continuadamente defasado com os cortes desleais feito nas aposentadorias de um terço dos aposentados da iniciativa privada!

Que Deus ilumine esses novos governantes que resolveram arregaçar as mangas da camisa e trabalharem com afinco e acerto para corrigirem o que há de errado na Previdência Social, tornando-a novamente o porto seguro dos trabalhadores brasileiros. Se trabalhem visando justiça e solidez na Previdência, saberão de alguma forma, compensar a degradação causada aos aposentados que recebiam oito, seis salários mínimos, e tiveram seus proventos reduzidos para quatro, três e dois pisos respectivamente, aguardando somente todas as aposentadorias ficarem niveladas ao valor mínimo pago pela Previdência! Aí, tudo estará consumado...
Título e Texto: Almir Papalardo, 19-5-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-