quinta-feira, 30 de março de 2017

[Aparecido rasga o verbo] Quase verbofóbico

Aparecido Raimundo de Souza

ALGUMAS PALAVRAS nos faziam mal. Sentíamos, ao ouvi-las, uma espécie de aversão repugnante, um nojo asqueroso, generalizado; um asco nauseabundo. Como se uma queimação transtornal, de repente, invadisse nosso estômago e  precisássemos botar tudo fora.

Na verdade, senhoras e senhores, vomitávamos a golfos furiosos. Acreditamos que tal fato seja, também, comum em outras pessoas. Como um TOC não curado. Um peido que ao sair, não era propriamente um peido, virou merda e sujou os fundilhos da cueca. Da ultima vez em que esse mal súbito nos pegou de jeito, achamos por bem enumerar uma por uma. Aconteceu enquanto estávamos no banheiro, mercê da bacia da privada, expelindo feito um bêbado inveterado que tomara todas.

Na tentativa, contudo, de exorcizarmos essas desgraças (após caso passado), listamos como acima dissemos as consideradas mais infames ou martirizantes. Repetimos algumas propositalmente. A ideia central, na verdade, era eliminarmos do peito, de vez, o sicário que nos feria o coração e nos deixava fora do tempo, vagando por nimbos denegridos. Oxalá, o Pai Supremo, acreditamos se compadeceu e nos libertou, de fato, desse averno que nos perturbava o espírito conturbado, toda vez que inocentes cristãos, ao acaso, sem querer, abriam a boca e as traziam à baila. Ei-las, pois amadas e amados, abaixo grafadas.

1
Taxas,
Juros,
Impostos,
Deputados,
Filas de bancos,
Faturas de cartões,
Dilma,
Filmes legendados,
Mulheres fofoqueiras,
INSS,
Postinhos de atendimentos,
Ônibus lotados,
Fumaça de cigarros,
Lula,
Bêbados,
Vendedores ambulantes nos coletivos,
Galera da Manassés,
Collor,
BBB,
Processos conclusos,
Temer,
Renan Calheiros,
Senadores,
Operação Lava Jato,
Greves.

2
Emolumentos,
Cartões de créditos,
Jornal Nacional,
Senadores,
Governadores,
Tatuadores,
Votos secretos,
Bancadas de partidos,
Radares de rodovias,
Dilma,
Puladores de roletas,
Pichadores,
Parquímetros,
Motoqueiros,
Policiais corruptos,
Moscas varejeiras,
Baratas,
Ratos com ternos de grife,
Cachorros latindo,
Televisão com chuvisco,
Manifestações,
Celular tocando,
Som alto nos ônibus,
Assaltos à mão armada,
Horário político.

Lula,
Bocetas mal lavadas,
Cu com catinga,
Pia cheia de louças,
Casa desarrumada,
Horário político nos intervalos do filme,
Elevador enguiçado,
Ladrões e corruptos,
Senadores da república,
Petrobrás,
Novelas repetidas,
Vídeo cacetadas do “Domingão do Faustão”,
Miúdos de porcos,
Vereadores,
Gente falando alto,
Fanáticos em futebol,
Pobres metidos a rico,
Palavras de ordem,
Hino Nacional,
Estudanta,
Presidenta,
Reforma da previdência,
STF,
Parlamentares,
Reforma partidária.

4
Detran,
Lâmpada queimada,
Murrinha do Brasil,
Força Nacional,
Justiça,
Capitania dos porcos,
Síndico chato,
Condomínio caro,
Testemunhas de Jeová,
Maconha,
Crack,
Aeroportos lotados,
Dilma,
Lula,
Fila de caixa de supermercado,
Velórios,
PT,
Ambulantes em sinaleiras,
Parente,
Gente no trânsito “punhetando” celular.
Torneira pingando,
Parlamentares,
Temer,
Banheiros públicos,
SUS.

AVISO AOS NAVEGANTES:
SE O FACEBOOKCÃO QUE FUMA, PARA LER E PENSAR OU OUTRO SITE QUE REPUBLICA NOSSOS TEXTOS, POR QUALQUER MOTIVO QUE SEJA, VIEREM A SER RETIRADOS DO AR, APAGADOS OU CENSURADOS PELAS REDES SOCIAIS, O PRESENTE ARTIGO (COMO OS DEMAIS QUE FOREM PRODUZIDOS), SERÁ PANFLETADO E DISTRIBUÍDO NAS SINALEIRAS, ALÉM DE INCLUÍ-LO EM NOSSO PRÓXIMO LIVRO “LINHAS MALDITAS” VOLUME 3.
Título e texto: Aparecido Raimundo de Souza, jornalista. De Campinas, interior de São Paulo. 30-3-2017

Colunas anteriores:
CPI 

Um comentário:

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-