terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Preparação do Clássico: FC Porto não tem seis, Sporting não tem nove!

Foto: Catarina Morais/Kapta+
Rodrigo Coimbra

O Campeonato caminha a passos largos para o seu final e muitas são as contas ainda para fazer na principal prova de futebol do nosso país, a começar pela luta pelo primeiro lugar, que promete ser intensa.

O FC Porto segue na liderança com a ligeira vantagem para os principais opositores - Benfica e Sporting seguem empatados com 59 pontos, menos cinco face aos portistas -, isto numa altura em que os dragões preparam a recepção aos leões naquele que será o jogo cabeça de cartaz da 25ª jornada da Liga NOS.

As contas são aparentemente simples. Caso a vitória sorria aos azuis e brancos, o FC Porto arreda praticamente o Sporting da discussão pelo troféu de campeão. Mas, caso se verifique o contrário, pode ficar ainda mais acesa a disputa pelo primeiro lugar, sendo que o Benfica pode sair beneficiado do confronto entre os dois rivais.

O que está em causa? E as baixas na preparação...
Não será o primeiro, não será o segundo nem será o terceiro duelo entre FC Porto e Sporting esta temporada. Também não será o último. As duas equipas defrontam-se pela quarta vez este ano e o registo é, para já, positivo para o FC Porto: dois empates e uma vitória. Ainda assim, o Sporting afastou os azuis na meia-final da final-four da Taça da Liga nas grandes penalidades no caminho até à conquista do troféu.

O 229º jogo entre portuenses e lisboetas promete ser um encontro de emoções fortes, sobretudo pelo facto de o resultado poder vir a ter sérias repercussões nos objetivos das duas equipas para o que resta da temporada.

No lado da equipa de Sérgio Conceição, Soares é carta fora do baralho para o Clássico. O avançado brasileiro sofreu uma lesão na coxa esquerda em Portimão e não vai ter tempo suficiente para recuperar para a recepção aos leões.

Danilo, Alex Telles, Corona, Ricardo Pereira e Aboubakar são os outros nomes que constam no boletim clínico, embora as perspectivas sejam boas em relação à recuperação de alguns destes jogadores.

Ao contrário do inicialmente apontado, a lesão de Alex Telles não é tão grave - entorse de grau um - e o departamento médico dos dragões trabalha afincadamente para oferecer o lateral a Conceição. Aboubakar, afastado desde 3 de fevereiro devido a fadiga muscular, também pode regressar esta sexta-feira (2 de março) à competição.

O cenário é muito mais complicado no lado verde e branco. Bas Dost (lesão muscular na face posterior da coxa direita), Piccini (lesão muscular nos adutores da coxa direita) e Podence (fratura de lisfranc no pé esquerdo) estão entregues ao departamento médico liderado pelo Dr. Frederico Varandas, enquanto outros quatro jogadores estão com síndrome gripal.

William, Coentrão, Ristovski e Palhinha falharam a recepção ao Moreirense (1x0) devido a febres altas e gripe, mas, nestes casos, é expectável que recuperem para a visita ao Dragão.

Certas são as ausências de Gelson Martins e de Petrovic, ambos expulsos no encontro da 24ª jornada, com a do extremo a ser uma valente dor de cabeça para o treinador Jorge Jesus, ainda para mais pela forma como Gelson viu a segunda cartolina amarela. 
Título e Texto: Bruno Coimbra, MSN desporto, 27-2-2018

Um comentário:

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-