terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Charada (169)

Mulher lendo, pintura de David de Noter (Bélgica, 1825-1892)


Marta disse-nos que,
enquanto lia Os Maias de Eça de Queirós,
sentiu-se cansada.
Por isso pôs um separador
entre as páginas 231 e 232
para continuar a leitura no dia seguinte.
Esta afirmação de Marta não é verdadeira. 
Por quê?

2 comentários:

  1. Uma página ímpar e a página par seguinte são a face e o verso da mesma folha. Não se pode colocar um marcador entre ambas.

    ResponderExcluir
  2. Nem mais!

    "Em qualquer livro, as páginas com números pares estão nas costas das páginas com números ímpares. Portanto, e considerando que as páginas 231 e 232 estão na mesma folha, Marta nunca poderia colocar um separador no meio das páginas que referiu."

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-