quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A mídia esquerdista que não tolera críticas ao “Queermuseu” nada fala sobre jornalista que queria “meter bala” no MBL

mrk

Editor do Zero Hora, Leandro Brixius fez uma publicação em seu Facebook dizendo que tinha vontade de “meter bala” nos seguidores do MBL.


Leandro disse que tem “vontade” de “ser comunista do jeitinho que eles [seguidores do MBL] imaginam” e de “passar a bala neles”.

Veja:


Enquanto isso, pessoas da mainstream media – como Marcelo Tas, Monica Waldvogel e Vera Magalhães – atacaram o MBL por ter exercido sua livre expressão civilizadamente sugerindo boicote após uma exposição chamada “Queermuseu”, que recebeu financiamento baseado em leis de incentivo cultural.

Para essas figuras da mídia, exercer sua livre expressão contra um recebimento de lei de incentivo é… censura, segundo Vera Magalhães. Para Monica Waldvogel, é racismo.

Mas e o que a mídia diz do editor do Zero Hora que falou em matar discordantes? Ah, para a mídia, aí está tudo bem….

Não deram um pio.
Título e Texto: mrk, Ceticismo Político, 11-9-2017

Relacionado: 

Um comentário:

  1. Este jornalista confundiu tudo , achou que o protesto era contra a "opção" sexual dos artistas , e se sentiu agredido.
    Nada a ver com isto, e sim com a agressão à sociedade praticada pelos mesmos.
    Paizote

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-