segunda-feira, 23 de outubro de 2017

[Atualidade em xeque] Chifre em cabeça de burro

José Manuel

Começou a procura. Uns já dizem ter encontrado.
Outros, alegam que o unicórnio não é um cavalo, mas sim um burro trans.
O fato é que democrática, mas equivocadamente, todos estão dando as suas próprias versões sobre o que fazer com a já ganha, de lavada, Tarifária que pertence à VARIG. Nem publicado o acórdão foi, mas o excitamento está no ar. Claro, é compreensível, afinal são muitos anos e alguns nem receberam o que lhes é inalienavelmente de direito.
Até aqui tudo bem. Mas ficar discutindo se os valores devem ir para lá ou para cá, aí já é outra questão.

Esta semana o editor-chefe da revista virtual "O Cão que fuma", nosso ex-colega de profissão e infortúnio, muito apropriadamente colocou no ar um fórum com a seguinte questão:


Claro, que a grande maioria dos lesados da terra dos devaneios, não vai ler, porque, como diria Saint-Exupéry no Pequeno Príncipe, "O ESSENCIAL É INVISÍVEL AOS OLHOS”.

Não sabem o que estão perdendo ao não acessar esta revista, que tanto tem nos ajudado na propagação de nossos problemas e, ao mesmo tempo, a grande oportunidade de se colocar a par do que está acontecendo com o que lhes é de direito.

Mas, vamos direto ao assunto que nos traz aqui.

Eu, você, ninguém tem o direito de achar nada.
Está escrito, foi outorgado interpartes – Varig, Governo, Aerus – e não há o que discutir. Qualquer coisa fora disto são devaneios de origem natimorta.

Uma vez que não entram no site nem querem ler, vou colocar aqui, tentando trazer uma luz mais fácil, três dos meus comentários hoje, 23-10-2017 na referida revista.
Aproveitem!

Comentário um: 
Qualquer discussão a respeito da Tarifária é hipócrita, cáustica, tendenciosa e amoral.
A VARIG deu um documento ao Aerus com conhecimento da Previc, destinando recursos de sua ação denominada tarifária, para cobrir os empréstimos indevidos ou repactuações indevidas ao Aerus em favor de seus beneficiários. Portanto, existem documentos firmados entre as partes e reconhecidos pelo governo. NÃO há o que discutir para onde vai o percentual correto e devido ao Aerus. Neste caso específico, esse montante não tem que passar por lugar nenhum, muito menos pela vara empresarial.

A decisão é única: pague-se
O resto é nada mais do que conversa fiada, e as associações são as responsáveis diretas pelo “cumpra-se” sob pena de serem responsabilizadas criminalmente por omissão caso não ajam devidamente como é o seu dever, em especial neste caso.
José Manuel

Comentário dois:
MAIS
A associação (APRUS) da qual sou associado e também faço parte do Conselho, eu sei que já está tomando as corretas providências para que isso ocorra exatamente como o escrito acima. As outras eu não tenho conhecimento. É preciso que isso fique bem claro de uma vez por todas. Associações existem para cuidar dos interesses dos seus associados que para isso contribuem, e não como meras organizações recreativas.
José Manuel

Comentário três:
E mais ainda:
O Aerus que detém a outorga do recebimento dessa quantia também e o responsável por esse dinheiro chegar a seus cofres e fazer a distribuição legal entre os beneficiários, afinal, foi por culpa desse fundo que estamos nesta situação. A sua equipe jurídica deverá estar atenta a todos os passos daqui para a frente, pois mais uma derrapagem será considerada ato criminoso pelos seus administrados.
E ponto, não há o que discutir nem ficar perdendo tempo com discussões estéreis. E nós mais do que nunca, estarmos muitíssimos atentos a tentativas espúrias de assaltos às nossas poupanças, mais uma vez, porque isso irá acontecer.
José Manuel

Dito isto, é só comparecer ao site acima descrito e acompanhar o que está acontecendo.

Título e Texto: José Manuel - Boa leitura! 23-10-2017

Relacionado:

Colunas anteriores:

Um comentário:

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-