quinta-feira, 19 de outubro de 2017

[Atualidade em xeque] Trumpet

José Manuel

Você sabe o que é um trumpet? Não? Não é o cãozinho do Trump!
É um instrumento musical de sopro, da família dos metais, caracterizado por instrumento de bocal, geralmente fabricado em metal. É também conhecido como Piston. Quem toca trumpet, é chamado trumpetista.
Mas, o presidente dos USA tem tudo a ver com o instrumento, pois instrumentaliza uma nação e um mundo no estilo cacofônico que lhe é tão próprio.


Vejamos, só fala algaravias, e tem um bocal enorme direcionado à difamação, ao embuste e a atos administrativos sem a menor noção do que está fazendo ou falando, como os mais recentes, por exemplo, Porto Rico, Obamacare, Acordo do Clima, Unesco, Muro Mexicano, Soldados Mortos e por aí vai.

Vai ter muitos, mas muitos problemas com o bebê de Rosemary Coreano, mas não foca. 

Adora debochar do seu povo. Coisa de rico idiota!
Tem um vasto topete de dar inveja a Elvis Presley em seus melhores momentos, daí a corruptela Trump+topete = Trumpete.

Ou ainda outra, Trump+petista = Trumpetista, porque em matéria de papo furado e algaravias, só perde para o Lulinha paz e amor. Fala muito. Igualzinho, fala muitas besteiras, fala sem parar e também adora um microfone.
A diferença é que o do instrumento, é do Norte, nasceu milionário, e continua. O outro, o nove dedos, é do Sul, nasceu miserável, e continua.
É o populista rico mais furado da zona norte do globo terrestre, tal qual seu ex-partner vermelho-pobre da zona sul do mesmo globo.

Os trompetes Triunfais, como são chamados, são instrumentos mais longos e, como marca registrada, a bandeira pendurada no mesmo completa o seu charme, e anunciam então o momento mais esperado por todos. A chegada do Herói e da Vitória. Nada a ver de quem estamos falando
Por outro lado, o toque de silêncio militar (taps), também é tocado com um trumpet.
E como poucos sabem, o toque de silêncio tem letra: 

Day is done, gone the sun - O dia terminou, o sol se foi.
From the lakes, from the hills, from the sky - Dos lagos, das colinas e do céu
All is well, safely rest - Tudo está bem, descansa protegido
God is nigh. Deus está próximo
Fading light dims the sight - A luz tênue obscurece a visão.
And a star gems the sky, gleaming bright - E uma estrela embeleza o céu, brilhando luminosa From afar, drawing near - De longe se aproximando
Falls the night - Cai a noite
Thanks and praise for our days - Graças e louvores para os nossos dias
'Neath the sun, 'neath the stars, 'neath the sky - Debaixo do sol, debaixo das estrelas, debaixo do céu
As we go, this we know - Enquanto caminhamos, isso nós sabemos
God is nigh - Deus está próximo.
Tudo a ver de quem estamos falando.

E agora, o que esperar desta fase de reles esgotos por que a humanidade passa neste momento?
Onde queremos ou até poderemos chegar?
Aos trompetes Triunfais, que anunciam a vitória genética da humanidade ou ao toque de silêncio que irá significar o seu fim, como o corpo inimigo do filho, arrastado pelo pai na guerra de secessão, que gerou a música militar macabra?
A força do sopro é a mesma, o instrumento também.
Será que Deus sabe o que está fazendo?
Título e Texto: José Manuel - é preocupante a humanidade estar na toada de um instrumento musical, de algaravias, e topetes icônicos. 19-10-2017

Colunas anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-