quinta-feira, 19 de outubro de 2017

[Atualidade em xeque] Extinção

José Manuel

Em cinco décadas Empresas públicas de transportes extintas:

Rede Ferroviária Federal,
Fepasa,
Estrada de ferro Oeste de Minas,
Cia. Navegação do São Francisco,
Rede Sul Mineira,
Cia. Nacional de navegação Costeira,
Lloyd Brasileiro,
Dep. Nacional de Estradas de Ferro,
Empresa brasileira de transportes urbanos,
Aeroportos do Rio de Janeiro S/A,
Empresa de engenharia ferroviária,
Empresa de Portos do Brasil,
Emp. Bras. de planejamento de transportes,
Vasp.

Empresas privadas extintas no Brasil, por setor, alcançam um total de trinta e nove setores.
Fonte: Wikipédia

Mais:
1,8 milhão de empresas privadas fecharam no Brasil em 2015. (Fonte: Estadão)

Mais:
Só no Rio de Janeiro, 11.950 empresas privadas fecharam em 2016.

Mais:
Comércio fechou 108,7 mil lojas e cortou 182 mil vagas no ano de 2016. (Fonte: Estadão)

O IBGE ainda não emitiu estatística sobre o fechamento total de empresas no país, em 2016, tampouco no primeiro semestre de 2017.


"Na pior crise da sua história, o Rio tem mais de um milhão de desempregados". (Manchete do dia 19/10/2017)

Como se pode notar pelo exposto acima, parece que a politicalha colocada no poder, pós o que eles chamam de ditadura, e com voto obrigatório, não deu muito certo por estas bandas da América do Sul.

E o povão ainda fala, conversa, discute, reclama dos políticos, claro, no bar tomando uma cervejinha, no Face em tempo integral e em casa vendo o Jornal Nacional, única referência em suas vidas.

Por favor, onde está hoje, neste momento o prefeito do Rio de Janeiro, o Estado da manchete de hoje?

O povo é muito pacato, ordeiro, da paz. É isso? Se for, vai acabar também extinto.

Em tempo: deixei para último a cereja do bolo e para não esquecer.
A Varig, quinta maior empresa do mundo também foi extinta por reles ladrões falsificadores de recibos.

Fica bem uma selfie com um copo na mão!
Tim, Tim!

Título e Texto: José Manuel, será que já estou extinto e não sei? 19-10-2017

Colunas anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-