sexta-feira, 17 de junho de 2011

O congresso e a falta de compostura com os anseios da nação

O Congresso Nacional, sempre atendendo às ordens do governo, cria ou aprova leis que continuarão prejudicando aos aposentados, pensionistas e trabalhadores da ativa, futuros aposentados e aos interesses do país.
Vejam o que a CCJC/Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, acaba de aprovar na Câmara Federal. É ou não é um caso de falta de compromisso para com a coisa pública?
Novamente eles vão empurrar goela abaixo mais um prejuízo aos cofres da Previdência Social. Depois esses mesmos irresponsáveis dirão que a Previdência é deficitária e que não podem devolver o que tiraram dos aposentados e pensionistas. É o caso de perguntar: Quais são as operações da FIFA, ligadas à Copa das Confederações e a Copa do Mundo? O que a Previdência Social e logo a Previdência Social tem a ver com isso? Por que logo ela que, segundo o próprio governo é deficitária? Parece que existe ai, a intenção de, cada vez mais, depreciá-la para entregá-la de mãos beijadas aos bancos para esses venderem previdência privada e aí, ganharem rios de dinheiro.
A irresponsabilidade do ex-presidente Luiz Inácio em trazer para o Brasil dois eventos que terão custos absurdos para os cofres do país e que serão bancados com os nossos suados impostos, ainda causará mais prejuízos aos aposentados, pensionistas e trabalhadores aposentáveis.
O país não está em condições de bancar tamanho sacrifício, considerando que a educação, a saúde, a habitação, a segurança, o transporte, a moradia, o saneamento, as penitenciárias, os aeroportos e tantos outros serviços básicos necessários a conceder uma vida digna ao cidadão, estão em precárias condições.
Notem, são bilhões de reais que serão empregados em estádios de futebol. Para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, em algumas regiões, os estádios de futebol passarão a ser “elefantes brancos,”considerando que em alguns Estados, os campeonatos de futebol não são suficientes para justificar investimentos tão altos.
Dentro da sua megalomania, o ex-presidente ofereceu “pão e circo” a um povo que só tem carência, mesmo assim, foi aplaudidíssimo. Enquanto isso, esse mesmo povo continua padecendo por causa da precariedade dos serviços básicos.
Não contente com isso, agora o atual governo quer sacrificar mais ainda a Previdência Social, isentando de pagamento do INSS para as operações ligadas à FIFA. Por que não oferece isenção de outros impostos? É o tal caso, para eles é melhor mexer com quem não tem quem lhes defenda. Os aposentados e pensionistas estão mesmo desprotegidos.
Por isso, conclamo a toda a classe a sair da letargia e começar a brigar pelos nossos interesses, senão, será muito tarde.
Odoaldo Vasconcelos Passos
Aposentado/Belém-PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-