sábado, 26 de março de 2016

Fado tropical

Alberto Gonçalves
Cerca de metade dos portugueses apoia entusiasmada o clube de fãs dos criminosos e a metade restante resigna-se quase sem um pio. Ou seja, até um país da América Latina consegue ultrapassar-nos em matéria de vergonha na cara


Pode acusar-se a nossa esquerda de tudo, menos de não ter desculpas para o gangue de salteadores que ocupa o poder no Brasil. De acordo com inúmeras luminárias indígenas, o comprovadíssimo esquema de corrupção montado pelo sr. Lula e seus associados, entre os quais a espécie de anémona que faz de “Presidenta”, é:

1) Mentira, dado que resulta de uma conspiração montada pelo capitalismo internacional, com os americanos, os fatais americanos, à cabeça (tese O Psiquiatra Diagnosticou-me Paranóia mas Interrompi a Medicação);

2) Irrelevante, dado que a corrupção é “transversal” (sic) à sociedade brasileira (tese Apanha-se Mais Depressa um Xenófobo do que um Ladrão);

3) Perdoável, dado que como escreveu no Jornal de Negócios um autodesignado “artista plástico” – talvez no sentido em que uma portada é de alumínio –, a esquerda rouba e distribui um bocadinho, enquanto a direita rouba e não dá nada a ninguém (tese Adivinhem Quem Também Beneficia da Distribuição;

4) Improcedente, dado que o grave nisto tudo é a divulgação ilícita das escutas e o facto de certos juízes não venerarem devidamente a quadrilha do PT (tese Olhai a Aflição das Viúvas de Sócrates);

5) Triste, dado prejudicar a imagem de um herói dos oprimidos e comprometer os avanços progressistas no mundo inteiro (tese O Comunismo Tem Corrido Tão Bem que este Percalço Foi uma Pena).

Por preguiça do INE (Instituto Nacional de Estatística), não se consegue apurar quantos dos subscritores dos delírios acima acreditam realmente nos ditos ou apenas fingem acreditar. Os segundos mantêm níveis mínimos de saúde mental – e máximos de descaramento. Já os primeiros não permitem qualquer esperança: a estupidez terminal é incurável.

No Portugal de 2016, há mesmo gente incapaz de aceitar as trafulhices do sr. Lula sob o pressuposto de que um comunista é intrinsecamente honesto. Ou disposta a tolerar a desonestidade dos comunistas na convicção de que, em última instância, esta favorece os pobres.

Há uma universidade, a exata universidade que emprega Boaventura dos Santos, o paladino do atraso, que confere ao sr. Lula o título de doutor honoris causa (por causa da honra, em latim). Há casos perdidos que tomam Chico Buarque, o talentoso Jdanov tropical, por um modelo de moralidade. Pelo amor de Deus, há um governo suportado por parlamentares empenhados em culpar campanhas de difamação pelas confirmadas proezas de confirmados bandidos.

Ainda que tardiamente, nas ruas e nas sondagens 70% dos brasileiros lá acordaram para as desvantagens de obdecer a criminosos.

Aqui, cerca de metade dos portugueses apoia entusiasmada o clube de fãs dos criminosos e a metade restante resigna-se quase sem um pio. Ou seja, até um país da América Latina consegue ultrapassar-nos em matéria de vergonha na cara. Deve ser a isto que, do alto dos seus peculiares padrões, o dr. Costa chama regressar à normalidade. 
Título e Texto: Alberto Gonçalves, Revista SÁBADO, nº 621, de 23 a 30 de março de 2016 
Digitação: JP

6 comentários:

  1. Sr Gonçalves, sinceramente! "até um País da América Latina" creio que o Sr não conhece e não sabe da grandeza do Brasil!
    E mais, "Triste" é o Sr chamar de percalço ocorrido e herói dos oprimidos, um Corrupto e Corruptor de tamanha grandeza, um Canalha e Ladrão.

    Pois saiba que aqui no Brasil o Comunismo é considerado um Regresso, um Retrocesso, abominado pela sociedade e cidadãos de bem.
    Vocês aí que convivam com isto, pois se isto é considerado, por Portugueses de Europa, prefiro não ser Europeu, mesmo sendo Suíço por parte de Pai e Alemão por parte de Mãe e nascido no Brasil, com muito orgulho, pois lixos como estes do PT, aqui, tenho certeza que serão varridos.
    Fique aí com sua metade de Portugueses!!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  2. Sr. Gonçalves, vamos atualizar os vossos conhecimentos sobre a situação no Brasil: MENTIRA - A pessoa incompetente que o Lula colocou como sucessora mentiu, mente e continuará mentindo. Tentou se passar por mestre em Economia e foi desmascarada, o que se comprova pelo desastre econômico reconhecido internacionalmente com o rebaixamento do Brasil no "ranking" de país confiável. IRRELEVANTE - A corrupção não é transversal é vertical; pois os ministros e agentes públicos coagiram os empresários a pagar propina sob a ameaça de não conseguir contratos do governo. O montante extorquido foi para as campanhas da Dilma, do Lula, de políticos aliados e, uma parte substancial foi para as contas de cada um nos paraísos fiscais conhecidos. PERDOÁVEL - A esquerda, ou melhor, não existe esquerda, os corruptos do PT roubam da direita, isto é, dos empresários e usam o que foi roubado em proveito próprio e usam as verbas do Tesouro (recursos dos impostos) para "cevar" milhares de pessoas que não querem estudar e/ou trabalhar e se conformam em viver com a esmola do Bolsa Família, repito, pago com os impostos de quem produz e que deveriam ser aplicados na Saúde, Educação, Segurança Pública e não remunerar uma parte da população que continua pobre mas garante ao governo milhares de votos nos candidatos do PT. IMPROCEDENTE - As gravações feitas pela PF mostram um Lula grosseiro, sexista, mentiroso que se acha superior as leis e a qualquer outro cidadão brasileiro. Ficou evidente que ele quer se esconder da justiça através de recursos jurídicos ou fuga do país. TRISTE - A imagem de um herói dos oprimidos é FALSA. Ele foi a África pedir perdão aos Ditadores africanos para possibilitar que o BNDES, através da Dilma, liberasse financiamento para as empreiteiras brasileiras poderem fazer as obras gigantescas naqueles países, em Cuba, Panamá, Venezuela, etc. Por cada "tráfico de influência" desse tipo ele recebeu milhares de dólares como se fora "palestras" realizadas! O Lula enterrou a Petrobras ao obrigar a empresa a assumir obras bilionárias que não puderam ser terminadas e a sua "pupila" Dilma provocou um enorme prejuízo ao aprovar a compra de uma refinaria em estado de sucata (Pasadena) pela qual a Petrobras pagou o dobro do valor original. Além disso, indicou os ladrões para os cargos de direção na Petrobras, iniciou uma obra monumental no Rio São Francisco para levar água ao Nordeste e a obra parou por falta de verba e o que foi construído está se deteriorando, além de outras mazelas de bilhões de reais (ou dólares)! Esse é o "herói" dos oprimidos! Espero que o V.Sa. avalie esse quadro e atualize os vossos conceitos no próximo comentário. Alberto José

    ResponderExcluir
  3. FADO qual o significado correto?
    Seria sina, destino, lamentações ou sorte, vaticinações ou decretos de um ser supremo, ou a música de lamento tradicional portuguesa?
    O texto acima por momentos parecia críticas aos esquerdistas e depois presunçosas arguições sobre o direito que temos de mandá-los para a puta que os pariu.
    Quiz o autor ficar de bem com todos os lado? Talvez mijando em cima do muro para os dois lados?

    Estava a preparar um texto para criticar o Heitor, porque vou respondendo a medida da leitura, aí apareceu os contra sensos.
    Na realidade o autor fez severas críticas, mas comete um erro crasso na sua quinta assertiva.
    5) Triste, dado prejudicar a imagem de um herói dos oprimidos e comprometer os avanços progressistas no mundo inteiro (tese O Comunismo Tem Corrido Tão Bem que este Percalço Foi uma Pena).
    Este mula retirante filho de uma puta nunca foi herói dos oprimidos, comprou-os com migalhas.
    De resto, as escutas são procedentes, a presidente é que ligou para o investigado oferecendo-lhe uma saída para o processo jurídico.
    Para mim houve ambiguidade de um defensor do lado esquerdopata e de críticas corretas ao estrelismo da figura patética do suposto criminoso, que não possui honra necessária ao título de Honor Causas.
    fui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rochinha, e a ironia?
      Alberto Gonçalves, no exato ítem a que você se refere, pratica a ironia, ou o sarcasmo, que eu prefiro.

      Excluir
    2. Posso até concordar, com sarcasmo ou ironia, tanto faz, mas eu prefiro bajulação redundante.

      Excluir
    3. Interessante, muito!
      Posso assegurar, valente Rochinha, que Alberto Gonçalves preferiria bajular você ou eu, com certeza!

      Lula? Nem a pau!...

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-