quarta-feira, 16 de março de 2016

Lula assume a farsa

Milhares de brasileiros pedem “um outro Brasil” nas ruas, mas o Brasil que vêem perante os seus olhos não cessa de os surpreender. A eles e a nós. O que parecia uma brincadeira de mau gosto, tornou-se uma hipótese real: Lula da Silva, o ex-Presidente que já foi um herói internacional, estará prestes a regressar ao Governo brasileiro, agora como ministro, de modo a obter o escudo de (alguma) imunidade na justiça. Não basta dizer que é um gesto que demonstra medo e sugere que Lula tem coisas a esconder. Aceitar esta imunidade a troco de um lugar inventado apenas para o proteger é perder o que lhe resta de dignidade, é apagar tudo o que fez e é não saber morrer de pé. Não deixa de ser desconcertantemente teatral: desacreditado, o velho herói sobe ao palco e é apupado. Perante as críticas, pega na máscara da mentira e coloca-a sobre a cara. Sem falsidade, veste a mentira à frente de todos. 
Título e Texto: Editorial do Público, 15-3-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-