segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Quase 600 mil orçamentados para o Aerus

A exemplo do ano passado, pode ser consultado no portal do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão o Projeto de Lei Orçamentária Anual - PLOA 2018.

No Volume IV – Tomo 1, página 156, está lá:



Relacionados:

3 comentários:

  1. Prezados, vejam bem!
    Que a União, a AGU tenha senso, lucidez e inteligência suficiente, para um Acordo com a DT, a Varig e o Aerus, e tornem nossa Tutela definitiva!
    Então, este é mais um "Legado" do PT ao País!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  2. Portanto, parece-me que a verba já é nossa. Isto é, os benefícios dos aposentados e pensionistas do AERUS continuarão a ser pagos em 2018. Está certo?

    ResponderExcluir
  3. Os benefícios continuarão a ser pagos em 2018... Mas até quando?
    Acordo o depoimento do liquidante na CPI, já foram gastos um bilhão e quatrocentos milhões ,por conta da garantia da DT, em quatro ou cinco anos se esgotam e não teremos mais a DT.
    E mais, se for para outra instância e for analisada detalhadamente, a garantia da tutela, tem digamos “pecadilhos”.
    Postei aqui neste blog no dia em que a mesma foi publicada, que a mesma era fraca, ainda mantenho a mesma opinião.
    Devemos torcer por uma breve sentença definitiva com resultado positivo na ação civil, com trânsito em julgado, o que eliminaria a necessidade de "garantias".
    A verba da DT, após a liquidação, pode ir para o Aerus direto, mas a lógica é que passe antes pela administração da massa falida, que procederá aos termos da lei 11.101, e o que determina a mesma.
    Acredito que só um acordo, mas... vejamos que acordo?() poderia encurtar caminho.
    Paizote

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-